Baixo desempenho de colaboradores: como identificar e resolver

baixo desempenho

Entregas atrasadas, queda na qualidade do trabalho e falta de engajamento são sintomas preocupantes de baixo desempenho entre colaboradores em qualquer organização. Se a empresa não consegue identificá-los e resolvê-los, ela tende a sofrer consequências em seus resultados.

Felizmente, existem algumas abordagens eficazes que ajudam a detectar as causas de baixo desempenho e a implementar soluções estratégicas para esse problema. Mas, para isso, é preciso um compromisso com o desenvolvimento contínuo da equipe.

Neste artigo, você verá as principais formas de identificar casos de baixo desempenho e como resolvê-los. Aproveite!

O que é baixo desempenho?

O baixo desempenho no trabalho se refere à incapacidade de um profissional em cumprir as expectativas estabelecidas pela empresa em termos de qualidade, quantidade ou prazo das suas atividades. Esse fenômeno pode resultar de diferentes fatores, tanto internos quanto externos ao ambiente corporativo.

Para identificar essa situação, geralmente são utilizados vários métodos e ferramentas de mensuração. Entre eles, os mais comuns são as avaliações de desempenho, feedbacks regulares, e a análise de indicadores-chave de desempenho (KPIs).

Além disso, quando um colaborador apresenta baixo desempenho, é preciso identificar as causas subjacentes para poder abordar a situação corretamente. Do contrário, há o risco da empresa perder talentos valiosos ou de perpetuar problemas que poderiam ser resolvidos com intervenções adequadas.

definir desdobrar metas

Quais são as principais causas para o baixo desempenho no trabalho?

Como você viu, o baixo desempenho no trabalho pode ser atribuído a uma variedade de fatores, que podem atuar isoladamente ou em conjunto. Então, identificar essas causas é o primeiro passo para desenvolver estratégias para solucionar tal cenário.

Conheça a seguir quais são as principais causas para o baixo desempenho no trabalho:

Falta de conhecimentos ou habilidades

Muitas vezes, os funcionários não possuem o conhecimento técnico ou as habilidades necessárias para executar suas funções adequadamente. Assim, podem não ter a formação inadequada ou as oportunidades para atualizar suas competências.

Incertezas sobre seu papel e expectativas

Se não há clareza em relação ao papel do funcionário dentro da organização e as expectativas associadas à sua performance pode gerar confusão e desmotivação. Em consequência, os colaboradores podem se sentir perdidos e improdutivos, gerando baixo desempenho.

Problemas na cultura organizacional

Um ambiente de trabalho com uma cultura negativa pode afetar negativamente o desempenho dos funcionários. Esse é o caso de lugares com competitividade excessiva, ritmo de trabalho desgastante, chefia autoritária e um clima organizacional ruim.

Falta de valorização e reconhecimento

Se os colaboradores não recebem reconhecimento pelos seus esforços, podem ter dificuldades em enxergar motivos para atingir as expectativas. Afinal, a valorização pelo trabalho é fundamental para manter os times engajados e produtivos.

Como identificar o baixo desempenho no trabalho?

Além de entender o que significa baixo desempenho e suas principais causas, é preciso ter o olhar treinado para enxergar os seus sinais. Afinal, nem sempre eles são explícitos e podem ser sutis e difíceis de detectar sem um monitoramento adequado.

Veja abaixo quais são as melhores formas de identificar casos de baixo desempenho na empresa:

Taxa de absenteísmo elevada

A taxa de absenteísmo se refere a um padrão de ausências, atrasos e saídas antecipadas de um colaborador. Se ela está alta, pode indicar problemas que levam ao baixo desempenho e outras questões. Então, é importante monitorar esse indicador de perto para identificar tendências.

Redução na produção e qualidade

Também é possível detectar casos de baixo desempenho ao perceber variações no ritmo e na qualidade das entregas mais recentes. Se há quedas nesse sentido, podem apontar para questões capazes de levar à redução na performance do time.

Resultados ruins em avaliações de desempenho

A avaliação de desempenho é um recurso bastante útil para acompanhar a performance das equipes ao longo do tempo. Se elas trazem resultados insatisfatórios, então representam um sinal de atenção que pode significar a tendência de baixo desempenho e possíveis áreas para aprimorar.

Feedbacks de colegas e gestores

Outra maneira de identificar casos de baixo desempenho envolve conversar com as próprias equipes e seus gestores para obter feedbacks. A partir dessas interações, é possível identificar casos em que um colaborador não está contribuindo conforme o esperado ou está enfrentando dificuldades que afetam seu desempenho.

Como o baixo desempenho afeta os resultados da empresa?

Um cenário de baixo desempenho dos colaboradores não é algo individual, já que pode afetar o restante da equipe e a empresa em geral.

Quando os colaboradores não alcançam os padrões esperados, isso se reflete diretamente na produtividade da organização. Ou seja, projetos atrasam, metas não são cumpridas e a eficiência operacional diminui. Assim, ficam comprometidos os resultados financeiros da empresa.

Além disso, também pode ter reflexos negativos no relacionamento com os clientes. Afinal, se eles estão recebendo uma entrega de pior qualidade em decorrência disso, podem ocorrer um maior volume de reclamações, de problemas no cumprimento de prazos e uma experiência mais negativa.

Isso não só afeta a reputação da empresa, mas também prejudica a confiança que o público teria nela e a capacidade de fidelizar esses clientes. Esses são elementos fundamentais para sustentar um negócio a longo prazo, além de ser um processo demorado para reconquistar o apoio dessas pessoas.

Também vale lembrar que o baixo desempenho costuma ser o reflexo de outros problemas subjacentes na empresa. Questões como falta de treinamento ou comunicação ineficiente podem contribuir para a criação de um ciclo de negatividade que pode ser difícil de quebrar.

Como resolver o baixo desempenho dos colaboradores?

Tendo em vista a importância de solucionar casos de desempenho ruim na empresa, resta entender como fazer isso de maneira prática para gerar os resultados esperados.

A seguir, confira quais são os passos essenciais para resolver o baixo desempenho de colaboradores:

Estabeleça metas alcançáveis

Estabelecer metas claras e alcançáveis é fundamental para orientar o trabalho dos colaboradores, contribuindo positivamente para o desempenho deles. Afinal, elas trazem um direcionamento claro que permite que os funcionários entendam com precisão o que é esperado deles e como dedicar seus esforços da maneira mais eficiente.

Forneça os recursos necessários

Também é fundamental se certificar de que os seus times contam com os recursos que precisam para ter alto desempenho. Isso inclui desde equipamentos tecnológicos até treinamentos, desenvolvimento profissional e até mesmo um investimento em capacitação contínua.

Ofereça feedbacks regularmente

Para diminuir a ocorrência de baixo desempenho, a sua empresa precisa promover uma cultura de feedback aberto e construtivo. Se essas trocas acontecem com frequência, os colaboradores ficam informados sobre sua performance e recebem orientação para melhorias contínuas.

Use softwares de monitoramento

A implementação de softwares de monitoramento oferece uma visão detalhada das atividades dos colaboradores e dos resultados alcançados. Assim, é possível identificar padrões de comportamento e produtividade, destacar áreas de potencial melhoria e tomar decisões embasadas em dados.

Implemente planos de desenvolvimento

Um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) ajuda os colaboradores a adquirirem novas competências e também os prepara para assumir novos desafios dentro da organização. Ou seja, são ferramentas indispensáveis para minimizar casos de baixo desempenho e implantar um processo de melhoria contínua.

Resolver o baixo desempenho dos colaboradores requer um esforço contínuo por parte dos gestores para criar um ambiente que promova a produtividade. Com o que você aprendeu até aqui, é possível identificar suas causas e abordá-las de maneira sistemática e orientada a resultados.

E já que mencionamos a importância de um PDI para mitigar o desempenho ruim de colaboradores na empresa, baixe agora nosso guia completo para criar seu PDI!

pdi guia

just in time

Just in time: o que é, objetivos e exemplos

Just in time (JIT) é uma estratégia de gerenciamento de produção que busca otimizar processos, minimizar desperdícios e elevar a eficiência operacional.  Desenvolvido pela Toyota, o JIT revolucionou a forma como as empresas gerenciam estoques e produção, ajustando a fabricação

Inovação em serviços: o que é, importância e exemplos

Quando a concorrência se intensifica e as exigências dos consumidores aumentam, o caminho que as empresas têm para sobreviver é a inovação em serviços. Afinal, a capacidade de se adaptar e oferecer algo único e valioso é o que diferencia

Encontre materiais e conteúdos da FRST