Como a liderança autocrática impacta o desempenho da equipe?

02/02/2024

Escolher como liderar uma equipe é uma das decisões mais importantes para um gestor. Uma opção é a liderança autocrática, onde o líder toma todas as decisões.

Alguns veem isso como restritivo e desmotivador, enquanto outros preferem esse estilo para garantir que as diretrizes sejam seguidas à risca.

Neste artigo, você vai ficar sabendo de tudo sobre o estilo de liderança autocrática. Boa leitura!

O que é a liderança autocrática e como funciona na prática?

O estilo de liderança autocrática é aquele em que todo o poder de decisão está centralizado no líder.

É ele quem determina o rumo a ser seguido com base em suas próprias avaliações, sem considerar opiniões externas. Além disso, é responsável por definir a execução do trabalho e distribuir tarefas e responsabilidades entre os membros da equipe.

Essa abordagem mais controladora busca aprimorar os resultados coletivos, reduzir possíveis erros e direcionar o fluxo operacional de maneira eficiente.

Por fim, vale ressaltar que a liderança autocrática não é algo completamente ruim. Afinal, a eficácia disso pode variar dependendo do contexto e das circunstâncias.

Exemplos de liderança autocrática

Para entender como a liderança autocrática se manifesta na vida real, podemos observar alguns exemplos concretos. Tanto no ambiente corporativo quanto no cenário político, encontramos casos que se enquadram nisso, como:

  • Bill Gates, cofundador da Microsoft, que tinha uma visão clara e se envolvia diretamente em todos os aspectos das atividades da empresa;
  • Henry Ford, fundador da Ford Motor Company, adotava uma liderança centralizada e unilateral, resultando em um controle rigoroso sobre o trabalho;
  • Napoleão Bonaparte, líder militar e depois imperador francês, tomava decisões com base em sua própria visão e experiência.

Quais são as vantagens e desvantagens desse tipo de liderança?

A melhor maneira de entender o valor de um estilo de liderança é considerar suas vantagens e desvantagens. Apesar de trazer uma conotação negativa, a liderança autocrática também tem um outro lado da moeda que deve ser considerado para uma compreensão completa.

Abaixo, você vai ver as principais vantagens e desvantagens desse tipo de liderança:

Vantagem: agilidade nas decisões

Como apenas uma pessoa é responsável pela tomada de decisões, esse processo tende a ser mais ágil em um regime de liderança autocrática.

Desvantagem: criação de conflitos

Quando a equipe discorda de uma decisão ou opinião da liderança, é provável que conflitos internos surjam como resultado.

Vantagem: melhor condução em crises

A liderança autocrática pode oferecer estabilidade e até mesmo calma durante períodos adversos, pois o time não precisa lidar com decisões fragmentadas.

Desvantagem: baixa retenção de talentos

Se o time se sente desvalorizado por não participar das decisões, isso pode levar a ressentimentos e, eventualmente, a uma alta taxa de rotatividade.

Vantagem: maior performance

A base da liderança autocrática é a clareza na definição de metas e distribuição de tarefas, o que pode resultar em uma equipe com melhor desempenho e focada em alcançar objetivos.

Desvantagem: danos ao clima organizacional

Quando o poder de decisão está concentrado em uma única pessoa, sem espaço para contribuições dos demais, o engajamento e a motivação do time podem diminuir, prejudicando o clima organizacional.

Quando usar a liderança autocrática nas empresas?

Tendo em vista as vantagens e desvantagens da liderança autocrática, já ficam claras algumas situações em que essa abordagem pode ser benéfica para alcançar resultados positivos na empresa.

Em primeiro lugar, a liderança autocrática se destaca em momentos de crise ou emergências. Nessas circunstâncias, é essencial tomar decisões rapidamente, sem esperar por um consenso.

Outra possibilidade em que a liderança autocrática pode ser uma aliada é em ambientes fortemente regulamentados. Por exemplo, setores industriais como o farmacêutico demandam a estrita observância de todas as normas e regras.

Por fim, é algo que pode facilitar a gestão de tarefas simples e repetitivas, como em uma linha de produção. O objetivo é assegurar que as atividades sejam realizadas de maneira consistente e eficiente.

Como implementar esse tipo de liderança?

Para praticar uma liderança autocrática em sua empresa, o primeiro passo deve ser o de ter cautela. Somente assim será possível garantir uma implementação mais estratégica dessa abordagem capaz de minimizar os efeitos de suas desvantagens.

Abaixo, veja quais são os passos fundamentais para adotar uma liderança autocrática na empresa:

Analise as necessidades da empresa

Antes de adotar qualquer estilo de liderança, é preciso avaliar as reais necessidades da empresa e como atendê-las.

Pode ser que a organização esteja passando por transformações rápidas e crescimento, ou atuando em um ambiente altamente rígido que demanda processos bem definidos. Em ambos os casos, será necessário fazer adaptações para a liderança autocrática.

Estabeleça processos e regras claras

Trabalhar sob uma liderança autocrática implica seguir diretrizes pré-estabelecidas, o que tende a tornar o ambiente mais organizado.

Para serem bem-sucedidas, essas definições devem ser claras e bem comunicadas à equipe. Isso permitirá que o time se concentre no que é esperado em cada situação.

Reconheça o sucesso

Sob esse tipo de liderança, também é essencial dedicar atenção para reconhecer os esforços do time, algo fundamental para manter o engajamento e a motivação dos colaboradores.

Às vezes, um simples elogio pode ser suficiente para reforçar a dedicação da equipe.

Desenvolva a empatia

Toda liderança deve incorporar a empatia entre suas soft skills, ainda mais em um cenário autocrático.

Para isso, é fundamental compreender e compartilhar os sentimentos dos outros, estabelecer conexões com o time e entender suas necessidades e preocupações.

Considere o impacto de cada decisão

Apesar de um líder autocrático tomar decisões de forma independente, lembre-se de considerar constantemente o impacto de cada uma sobre a equipe e a empresa.

Por exemplo, certas medidas podem afetar a motivação e a satisfação da equipe, bem como a própria liderança é vista.

Faça autoavaliações constantes

A autoavaliação é importante para compreender as próprias tendências e comportamentos como líder, ainda mais no modelo autocrático.

Isso envolve uma reflexão das escolhas passadas, interações com a equipe e o reconhecimento de pontos fortes e fracos. Esse autoconhecimento auxiliará o líder a ser mais eficaz e adaptar seu estilo às necessidades do ambiente.

Como você viu até aqui, existem diversas perspectivas a respeito da liderança autocrática. Por um lado, traz benefícios como decisões rápidas e diretrizes claras, mas, por outro lado, enfrenta desafios no impacto sobre o time. Então, leve em conta os pontos mais estratégicos e mantenha uma abordagem flexível.

Não importa o tipo de liderança que você escolher adotar, uma coisa é certa: você precisa trazer resultados reais para sua empresa. Quer saber como? Baixe agora nosso ebook gratuito e seja uma liderança de alto impacto!

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Quando um funcionário falta ao trabalho, não é algo simples de ignorar. Essa ausência pode causar impactos significativos em vários processos essenciais,

É indiscutível que a tecnologia no mercado de trabalho impulsiona mudanças constantes na forma como as organizações operam e como os profissionais

Você já se perguntou o que realmente é produtividade e por que esse termo aparece tanto em discussões sobre sucesso profissional? O

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST