Absenteísmo: o que é, tipos, impactos e como diminuir

01/03/2024
absenteísmo

Quando um funcionário falta ao trabalho, não é algo simples de ignorar. Essa ausência pode causar impactos significativos em vários processos essenciais, principalmente se isso acontecer com frequência. Então, é importante que sua empresa esteja atenta ao absenteísmo.

Só que monitorar as faltas dos colaboradores não é suficiente. É fundamental entender as razões por trás delas e adotar medidas para reduzir as ausências evitáveis. Que tal considerar essa abordagem para aprimorar seus resultados?

Neste artigo, vamos descobrir o que é absenteísmo e como você pode lidar com esse desafio na gestão de pessoas.

O que é absenteísmo?

Absenteísmo é o termo usado para descrever quando um funcionário falta ao trabalho ou chega atrasado de forma não planejada ou esperada, o que impacta sua presença e desempenho no ambiente profissional.

É um indicador importante a ser monitorado, pois afeta a eficiência da empresa, aumentando os custos e dificultando o alcance de seus objetivos.

Além disso, o absenteísmo pode sobrecarregar os colegas de trabalho e diminuir sua motivação, já que precisam lidar com as responsabilidades dos ausentes.

Quais são os tipos de absenteísmo?

Agora que você entende a ideia básica, vamos nos aprofundar um pouco mais conhecendo seus diferentes tipos. Essas categorias nos ajudam a compreender melhor as nuances desse fenômeno, permitindo o desenvolvimento de estratégias para lidar com ele.

A seguir, você vai entender quais são as principais diferenças entre os tipos de absenteísmo:

Absenteísmo justificado

O absenteísmo justificado ocorre quando as ausências são legítimas e, como o próprio nome sugere, têm uma justificativa válida. Isso pode incluir casos como licença médica, acidentes, licença maternidade, entre outros.

Absenteísmo injustificado

O absenteísmo injustificado é aquele em que não há justificativa para o colaborador não estar presente. Ou seja, refere-se a atrasos e faltas não comunicadas.

Absenteísmo crônico

O absenteísmo crônico é caracterizado por ausências frequentes ao longo do tempo, podendo ser justificadas ou não. Isso pode ocorrer por uma variedade de motivos, desde problemas de saúde em curso até falta de comprometimento com o trabalho.

O que pode causar o absenteísmo?

Ao conhecer os diferentes tipos de absenteísmo, fica claro que existem diversas razões que podem levar a essa situação. Compreendê-las em profundidade é essencial para poder elaborar estratégias eficazes de prevenção e intervenção.

Confira abaixo quais são os principais fatores capazes de causar absenteísmo nas empresas:

  • problemas de saúde, como doenças crônicas ou agudas, além de tratamentos médicos;
  • estresse, ansiedade, depressão e outros transtornos psicológicos;
  • insatisfação com o trabalho e falta de motivação;
  • condições de trabalho insatisfatórias;
  • sobrecarga de tarefas, com cargas horárias incompatíveis com a demanda;
  • recorrência de conflitos internos na empresa, como problemas de relacionamento.

Qual a diferença entre turnover e absenteísmo?

Absenteísmo e turnover tocam em questões semelhantes, o que pode contribuir para alguma confusão entre esses termos.

Até agora, você aprendeu sobre o absenteísmo, que se refere à taxa de ausência dos funcionários em uma organização.

Por outro lado, o turnover diz respeito à rotatividade de pessoal, ou seja, é a proporção de pessoas que são desligadas da empresa ou pedem demissão. Isso pode indicar problemas de gestão, falta de um plano de carreira claro ou insatisfação com o ambiente de trabalho.

Monitorar tanto o turnover quanto o absenteísmo é necessário para compreender a saúde organizacional da sua empresa. A partir desses dados, é possível planejar iniciativas direcionadas para melhorias e aprimoramentos.

Como calcular o índice de absenteísmo?

O absenteísmo é uma métrica que precisa ser acompanhada regularmente, e felizmente, o cálculo é relativamente simples. Basta seguir esta fórmula:

  • Taxa de absenteísmo = (horas de trabalho perdidas / horas de trabalho ideais) × 100

Por exemplo, vamos supor que sua empresa espera que os funcionários trabalhem 8 horas por dia, durante a semana.

Para determinar as horas de trabalho ideais, você multiplica o número de funcionários pelo número de horas estabelecidas. Se sua organização tem 150 funcionários, o total seria 1200 horas. Em seguida, multiplique isso por 22 (o número de dias úteis em um mês), totalizando 26400 horas.

Agora, para calcular as horas perdidas pela equipe durante o mesmo período, você pode usar seus registros de ponto, considerando as 8 horas de trabalho diárias.

Suponhamos que 3750 horas tenham sido perdidas no período. Aplicando a fórmula, temos:

  • Taxa de absenteísmo = (3750 / 26400) × 100 = 14,2%

Como diminuir o absenteísmo?

Quando você percebe que o índice de absenteísmo está alto em sua empresa, é hora de agir para reduzi-lo. A boa notícia é que existem várias iniciativas que podem ajudar a reverter essa situação desafiadora.

Confira abaixo quais são as melhores maneiras de diminuir o absenteísmo em sua organização:

Faça pesquisas de clima organizacional

Manter um ambiente de trabalho positivo é fundamental para combater o absenteísmo. Uma maneira eficaz de entender como está o clima organizacional é realizar pesquisas internas.

Isso permite avaliar a motivação e satisfação das equipes, identificando áreas que precisam de melhorias.

Defina protocolos específicos

É importante que o seu time saiba exatamente o que fazer e a quem recorrer em caso de necessidade de ausência.

Definir protocolos claros para essas situações ajuda a manter a produtividade do restante da equipe, evitando interrupções constantes.

Crie uma rotina de feedbacks

Oferecer feedback regularmente aos funcionários permite motivá-los e oferece um caminho claro para o desenvolvimento profissional.

Implementar uma rotina de avaliação de desempenho pode ser uma forma eficaz de estruturar esse processo.

Implemente iniciativas voltadas à saúde

Promover qualidade de vida no trabalho é fundamental para reduzir o absenteísmo, já que problemas de saúde são uma das principais causas.

Você pode investir em programas de bem-estar, como ginástica laboral, yoga ou até mesmo oferecer orientações sobre alimentação saudável.

Entender o que é absenteísmo e identificar seus motivos são passos cruciais para implementar estratégias eficazes de gestão de pessoas. O sucesso de uma empresa depende da saúde e do bem-estar dos funcionários, exigindo medidas que promovam sua eficiência e qualidade de vida. Então, use essas informações para começar a elaborar seu plano de ação!

E nada melhor do que um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) para entender as necessidades e potenciais de cada colaborador. Saiba como criar um em nosso guia exclusivo!

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Você provavelmente conhece os termos B2C e B2B. Mas, será que o B2E faz parte da realidade da sua empresa? Se a

Seja você quem for, tenho certeza de que algo mudou em você e em sua forma de trabalhar nos últimos meses. Muito

Segundo uma estimativa do IT Chronicles, geramos todos os dias mais de 2.000.000.000.000.000.000 bytes de dados em todos os setores. Sim, são

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST