Metodologias ágeis: guia completo para implementar na sua empresa

05/02/2024

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução de todos os problemas de qualquer instituição. 

Neste artigo vamos elucidar, sem esgotar o tema, sobre o que é ser Ágil, algumas metodologias, assim como benefícios e cuidados a serem acompanhados.  

O que é ser Ágil? 

Primeiramente, vamos entender o que se entende por ser Ágil. Ágil é um modelo mental. 

Modelo mental este pautado no crescimento contínuo e na evolução para acompanhar as mudanças. Em 2001 um grupo de líderes da indústria de software confeccionaram o Manifesto Ágil composto de valores e princípios. 

Os quatro valores de ser Ágil apresentados no Manifesto foram: 

  • Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas. 
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente. 
  • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos. 
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano. 

E concluíram os quatro valores com a seguinte frase “mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda”: indivíduos, interações, software em funcionamento, colaboração e adaptar-se às mudanças. 

Valorizar mais os itens à esquerda não afirma que os itens à direita são desnecessários. Negligenciá-los não faz a organização ser Ágil, torna a organização propícia a problemas em curto espaço de tempo. 

Apesar deste Manifesto ter sido elaborado por pessoas envolvidas em desenvolvimento de software, este pensamento extrapolou o seu campo de atuação e, atualmente, encontra-se difundido em vários outros contextos. 

Como resultado, software pode ser entendido como produto e/ou serviço entregue ao cliente. 

Quanto aos valores, pode-se entender que aos indivíduos devemos proporcionar projetos motivadores em um ambiente acolhedor e com suporte necessário. 

A interação entre as pessoas, independente do setor e inclusive com o cliente, deve ser uma constante. 

O produto e/ou serviço tem que ser entregue de forma frequente e funcional para o cliente, visando a geração de valor agregado. E responder as mudanças, pois a agilidade se beneficia da vantagem competitiva que é gerada para todos envolvidos. 

O que são metodologias ágeis? 

Logo, as metodologias ágeis são as aplicações práticas do “Jeito de ser Ágil”. 

As metodologias ágeis que vamos discutir neste artigo são Scrum e Kanban. As duas podem ser utilizadas em conjunto ou separadas. A sua utilização depende de cada desafio que está sendo enfrentado pela equipe. 

Quais são os principais tipos de metodologias ágeis? 

A metodologia Scrum visa designar pequenas equipes multidisciplinares e auto-organizadas para executar pequenas entregas de uma atividade. 

As entregas são realizadas de maneira sequenciada e priorizada em um curto espaço de tempo, que pode durar entre 1 até 4 semanas. 

O segundo método é o Kanban que tem entre suas características gerenciar as atividades, de forma visual, da equipe ao longo de um fluxo produtivo. 

Um quadro dividido em colunas contendo os campos “atividades para serem executadas”, “atividades em execução” e “atividades concluídas” é um Kanban. Definir prazos e responsáveis para cada atividade são essenciais e a quantidade de colunas deve ser ajustada para cada desafio, cabendo à equipe defini-las.  

Quais as principais funções durante projetos ágeis?

A governança dentro dos projetos ágeis que adotam o Scrum é dividida em três papéis sem hierarquia entre eles, independentes e multidisciplinares: Product Owner; Development Team e Scrum Master. 

Cabe ao primeiro gerir “o que” e “quando” serão executadas as atividades, ou seja, a visão geral do produto e a priorização. Por sua vez, a equipe de desenvolvimento é responsável pelo “como” será executado e o “quanto” de recursos serão necessários. 

E, tão importante quanto os dois primeiros, é do Scrum Master a responsabilidade de remover barreiras, prover liderança e orientar o processo como um todo. 

No Kanban, esta governança, apesar de opcional, é bem-vinda, pois as pessoas precisam de um acompanhamento sistemático para que a equipe possa atingir o resultado almejado.  

Qual o papel do Agile Coach? 

Conforme exposto anteriormente, ser Ágil é um modelo mental. Por isto, o Agile Coach tem um papel mais abrangente que o Scrum Master. 

O Agile Coach visa mentorar a organização como um todo, cujo objetivo é auxiliar na implementação dos valores e dos princípios da Agilidade, não se limitando ao Scrum ou Kanban ou outra metodologia Ágil. 

O Agile Coach tem o foco na organização e o Scrum Master tem como principal cliente as equipes de agilidade. 

Como implementar metodologias ágeis na empresa? 

A implementação da metodologia ágil passa por uma mudança cultural da liderança, dos processos e das rotinas, ou seja, de toda a organização. 

A maior mudança tem que ser na liderança, que ocorre de cima para baixo, desde o alto-escalão até a operação. Se a liderança não mudar, a cultura não muda. Compreender os valores e princípios do agile é importante para poder permear a organização como um todo. 

Esta jornada não é simples, uma vez que o modelo mental de crescimento vai confrontar outros modelos mentais fixos, onde a resposta da solução está apenas na experiência acumulada das pessoas. 

Este chaveamento se faz necessário para que os indivíduos comecem a mudar a visão para atender aos valores da agilidade.  

E aqui está a maior importância do Agile Coach dentro da organização. Ele é o guardião e o difusor dos valores e princípios da mentalidade ágil dentro da organização. 

Exemplos de aplicação de metodologias ágeis 

Exemplos de aplicação das metodologias ágeis se encontram bem difundidas em várias áreas e campos de atuação. 

Alguns exemplos de aplicação passam pelo marketing, desenvolvimento de produtos, educação, gestão de pessoas, finanças e vários outros setores. 

No marketing a utilização da metodologia ágil tem como objetivo responder as demandas do mercado, cliente, tendências de mercado. 

Na educação, as instituições de ensino estão utilizando as metodologias como forma de resolução de problemas em curto espaço de tempo. 

E, ao desenvolver produtos, as organizações trabalhar com a confecção e entrega de um produto mínimo viável (MVP). 

Seja ágil! 

Cada organização tem que experimentar qual metodologia ágil irá adotar. Pode ser por apenas uma metodologia ou um conjunto delas. Mas não se esqueça: o modelo mental da agilidade tem que permear o desafio que está sendo enfrentado. 

Cuidado com o excesso de “testes e erros” ao longo do processo de execução. Testar e errar faz parte da metodologia ágil, porém não aprender com os erros não faz parte da metodologia. 

Após cada teste, estude o teste e aprenda sempre pois o modelo mental é de crescimento. 

Leia mais sobre os principais desafios na adoção de metodologias ágeis.

E será que as metodologias ágeis podem ser usadas na gestão de projetos? Confira em nosso ebook gratuito!

 Luiz Gustavo Fantini é engenheiro civil formado há 20 anos, além de ser bacharel em direito com experiência na área de Gestão com foco em Resultados em organizações brasileiras e internacionais de grande, médio e pequeno porte.

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Paula recebeu um desafio: assumir uma planta industrial no interior do Brasil e resolver um problema para sua empresa, uma grande multinacional

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Growth mindset é mais do que uma simples abordagem para o sucesso: é uma filosofia transformadora que nos convida a repensar nossa

Bem-vindos ao primeiro episódio do podcast First Things FRST: um podcast sobre as competências do futuro – e do agora! ‍ Criado

Muitos são os fóruns em que se debate o perfil do profissional do futuro: visão sistêmica, capacidade de inovação e flexibilidade cognitiva

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST