Metodologia Lean: o que é, aplicações e princípios

05/02/2024

Toda empresa busca maneiras de se tornar mais eficiente. Nesse sentido, contar com metodologias comprovadas, como o Lean, serve como uma vantagem significativa.

Independentemente da área de atuação, é fundamental adotar práticas eficazes para reduzir desperdícios e priorizar atividades de forma inteligente. A essência do Lean está em gerar mais valor para o cliente com menos recursos.

Achou essa ideia interessante? Então, confira o artigo a seguir para se aprofundar na metodologia Lean.

O que é a metodologia Lean?

A metodologia Lean é um sistema de trabalho voltado para a redução de desperdícios nas empresas, buscando aprimorar a qualidade de seus resultados.

Isso é alcançado por meio da aplicação de princípios que buscam otimizar processos, cortar gastos e elevar a excelência das entregas. O objetivo é atender às necessidades dos clientes de forma cada vez mais eficaz.

Essa abordagem costuma ser implementada de maneira contínua nas organizações, constantemente buscando por gargalos que necessitem de correção e implementando soluções. Essa flexibilidade permite que o Lean funcione bem em empresas de diversos tamanhos.

Além disso, a metodologia Lean se destaca por priorizar o envolvimento de todos os membros da equipe em seus processos para identificar oportunidades de melhorias e implementar mudanças positivas.

A história do Lean

O Lean tem as suas origens na Toyota, no período imediatamente após a Segunda Guerra Mundial. Naquela época, o Japão enfrentava várias restrições e intensa competição, impulsionando a busca por soluções que aprimorassem a eficiência.

Foi o engenheiro Taiichi Ohno quem concebeu o revolucionário Sistema Toyota de Produção. Essa abordagem transformou a fabricação ao introduzir práticas como a redução de desperdícios, a busca pela melhoria contínua e a flexibilidade na produção.

Com o passar dos anos, essa filosofia se espalhou para outras esferas. Nos anos 1990, o termo “lean” foi popularizado pelo livro A Máquina que Mudou o Mundo, de James P. Womack, Daniel T. Jones e Daniel Roos. O texto trazia as práticas da Toyota e desenvolvia uma metodologia moderna em torno dela.

Por fim, vale ressaltar que o Sistema Toyota de Produção também originou o que conhecemos hoje como o Kanban, que viria a se tornar uma ferramenta fundamental para a metodologia Lean.

Quais são os 5 princípios do Lean?

A metodologia Lean se baseia em alguns princípios fundamentais que desempenham um papel essencial em consolidar a sua busca pela diminuição de desperdícios e aprimoramento contínuo. Eles servem como um passo a passo bastante útil para implementar esse sistema.

Abaixo, confira quais são os 5 princípios do Lean e o que eles representam:

1. Definir valor

Este princípio refere-se à compreensão clara das necessidades do cliente para oferecer exatamente o que ele precisa. A solução é simples: ouvir o cliente, compreender suas dores e desejos.

2. Mapear fluxo de valor

O próximo princípio do Lean aborda a identificação das etapas para cumprir a entrega de valor identificada anteriormente. Então, defina quais atividades são essenciais para alcançar esse objetivo e quais são dispensáveis.

3. Criar fluxo de trabalho

Tendo em mente o que é necessário para gerar valor ao cliente, é preciso tornar o fluxo de trabalho eficiente para chegar nesse objetivo. Isso envolve a redução de desperdícios e a otimização contínua dos processos.

4. Usar um sistema puxado

Esse princípio da metodologia Lean se refere a apenas iniciar uma produção quando há demanda por ela, evitando estoques excessivos e permitindo uma atuação mais focada. A premissa de um “sistema puxado” é se manter sempre alinhado ao ritmo das demandas.

5. Buscar a perfeição

Aqui, a ideia é realizar as atividades de maneira mais eficaz, em um ritmo de aprimoramento contínuo. Usando as ferramentas à sua disposição, o foco está em implementar uma gestão eficiente capaz de entregar o máximo de qualidade ao cliente sem desperdícios.

Quais são os 7 desperdícios do Lean?

Como você viu até aqui, a metodologia Lean se baseia em minimizar desperdícios para alcançar níveis superiores de eficiência em sua produção. Então, vale a pena se familiarizar com as diferentes formas com que isso pode se manifestar em sua organização.

A seguir, confira quais são os 7 desperdícios do Lean que exigem a sua atenção:

1. Estoque

Ao adotar o Lean, é essencial gerenciar o estoque com cuidado. Organizar, planejar e controlar o armazenamento de recursos garantirá que a produção não seja prejudicada.

2. Espera

Mais tempo de espera significa mais desperdício. Isso inclui desde o tempo que os funcionários aguardam até que um equipamento funcione até a demora para que uma informação chegue ao seu destino.

3. Defeitos

Problemas na fabricação geram retrabalho, o que é um sinônimo de desperdício. Com inspeções regulares e adesão a padrões de qualidade, é possível reduzir esses problemas.

4. Superprodução

Produzir mais do que o necessário é outra forma de desperdício no Lean. A empresa deve atender a uma demanda específica, sem excessos ou faltas.

5. Movimentação

O desperdício de movimentação é aquele que ocorre quando há excesso de deslocamento de materiais, pessoas ou informações sem propósito claro. Afinal, cada movimento deve seguir os objetivos da organização e as necessidades do cliente.

6. Transporte

O transporte de materiais ou produtos precisa ser bem planejado. Levar um item de um lugar ao outro deve agregar valor à produção; do contrário, pode virar um gargalo.

7. Processo excessivo

Esse desperdício ocorre quando se consome mais recursos do que o exigido. Para evitá-lo, é essencial entender as demandas de cada etapa de produção e atendê-las com precisão.

Quais são os benefícios do Lean para empresas?

As empresas adotam a metodologia Lean devido ao valor que ela proporciona em troca do comprometimento com seus princípios. Essa abordagem oferece vantagens que vão desde aprimoramentos na eficiência operacional até um aumento na qualidade das entregas.

Confira a seguir quais são os maiores benefícios de utilizar a metodologia Lean em sua organização:

Eficiência na produção

Com processos mais enxutos e livres de desperdícios, a empresa pode padronizar suas operações. Isso simplifica o dia a dia de trabalho, tornando a produção mais eficiente e capaz de gerar resultados de alta qualidade.

Satisfação do cliente

Como o cliente está no foco de tudo na metodologia Lean, é natural que um dos benefícios desse sistema seja um aumento na satisfação dele. Pensar na perspectiva do público ajuda a tomar as melhores decisões para atendê-lo.

Produtividade da equipe

Com a eliminação de excessos, o processo de trabalho fica mais simplificado. Dessa forma, facilita um fluxo contínuo e uma supervisão mais certeira que geram um aumento na produtividade.

Redução de custos

A diminuição de desperdícios tem como consequência direta a redução dos custos associados a ele. Essa é uma das vantagens mais tangíveis da metodologia Lean, já que é um retrato fiel de como a empresa está operando de forma mais enxuta e eficiente.

Optar pela metodologia Lean é uma escolha estratégica que possibilita ir além da simples eficiência operacional e permite usar seus recursos de maneira mais inteligente. Afinal, eliminar desperdícios é um compromisso com uma cultura organizacional voltada a gerar valor para a empresa e o cliente.

Mas para uma metodologia ágil funcionar de verdade na sua empresa, a cultura também precisa ser ágil. Quer saber como introduzir o mindset ágil nas suas equipes? Baixe agora nosso ebook gratuito!

banner blog mindset agil

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Seja você quem for, tenho certeza de que algo mudou em você e em sua forma de trabalhar nos últimos meses. Muito

“Cultura não é algo que você define e depois ignora.” – Reed Haastings, fundador da Netflix ‍As empresas mais bem sucedidas do

Por que reinventar a roda se é possível aproveitar métodos testados e aprovados para otimizar os seus processos? Para isso, basta descobrir

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST