Resiliência profissional: 6 práticas para desenvolver sua equipe

21/10/2023
Resiliência profissional: 6 práticas para desenvolver sua equipe

Como enfrentar as rápidas mudanças e os desafios constantes no dinâmico mundo dos negócios? A resiliência profissional te ajuda a passar por esses momentos com mais tranquilidade, abertura e confiança. Além disso, apoia a construção de uma jornada de aprendizado, criando experiência e maturidade profissional.

Mas você sabia que apesar de ser uma habilidade em crescente demanda, há escassez de colaboradores resilientes? Apenas 30% têm essa competência, de acordo com o estudo Resiliência da força de trabalho 2020 (AON).

Esse é um dado preocupante, já que a capacidade de lidar com adversidades, manter o foco e se adaptar às circunstâncias é o que leva empresas a manterem seu diferencial competitivo no mercado.

Mas afinal, o que é ser um profissional resiliente? Como melhorar a resiliência no trabalho? Continue lendo e descubra a resposta para essas perguntas e como você, líder, pode ajudar sua equipe a se tornar mais flexível, adaptável e ágil!

O que é resiliência profissional?

Resiliência profissional é a capacidade de uma pessoa enfrentar desafios, incertezas, frustrações, mudanças e contratempos no ambiente de trabalho, mantendo uma atitude positiva, adaptativa e produtiva.

Essa habilidade conta com algumas características importantes, tais como: facilidade de se recuperar rapidamente de fracassos, aprender com as experiências e continuar avançando em direção aos objetivos profissionais e organizacionais.

“O maior desafio para o gerenciamento da mudança não é representado pela estratégia, cultura ou estrutura, mas pela mudança de comportamento.”

John P. Kotter – autor, professor e palestrante americano.

Ser resiliente não apenas fortalece a mentalidade do profissional, mas também influencia diretamente o sucesso das equipes e, por consequência, o sucesso da empresa como um todo.

Isso porque quando um membro do time mostra-se aberto a superar dificuldades, os outros colaboradores se motivam a seguir o exemplo, criando um ambiente de trabalho mais colaborativo e estimulante.

E para ilustrar o que é ser um profissional resiliente, Steve Jobs é o exemplo perfeito. Nos anos 90, a Apple estava à beira da falência, mas Jobs liderou uma reviravolta impressionante. Sua visão, determinação e capacidade de adaptação ao mercado levaram a empresa a se tornar uma das mais valiosas do mundo.

Como você percebeu até aqui, a resiliência profissional vai muito além do nível individual. Continue lendo e entenda como a resiliência se traduz em um motor de sucesso para as empresas.

Qual a importância da resiliência profissional para as empresas?

Em um cenário em constante evolução, as empresas estão expostas a uma série de desafios, desde mudanças tecnológicas, instabilidades econômicas até mudanças no mercado de trabalho.

Nesse contexto, é essencial contar com um time de profissionais resilientes, pois:

1) Mantêm a produtividade: mesmo diante de metas desafiadoras e prazos apertados, colaboradores resilientes têm mais facilidade em se adaptar rapidamente e manter o desempenho. Assim, preservam a produtividade da equipe e os resultados da empresa.

2) Promovem a inovação: a resiliência encoraja a busca de soluções criativas para problemas complexos, estimulando a inovação e a adaptação a novos cenários.

3) Fomentam o trabalho em equipe: como os profissionais resilientes são mais colaborativos, criam um ambiente de trabalho cooperativo e positivo.

4) Reduzem o turnover e os custos relacionados à rotatividade: a resiliência aumenta a satisfação e a retenção dos colaboradores, uma vez que eles percebem que têm as ferramentas necessárias para lidar com as mudanças que possam surgir.

Dados do relatório Futuro do Trabalho 2023 (Fórum Econômico Mundial) reforçam como a resiliência no mercado de trabalho é importante: 65,8% das empresas acreditam que resiliência é uma habilidade em ascensão até 2027, acompanhada por flexibilidade e agilidade.

Um outro estudo recente, realizado no Reino Unido pela CV-Library, mostrou que 57% dos empregadores consideram a resiliência como uma habilidade fundamental para os candidatos.

Quais os impactos da falta de resiliência profissional no trabalho?

Não é à toa que a resiliência é uma das habilidades do profissional do futuro. Sabe por quê? Empresas que não são resilientes, tendem a sofrer impactos significativos. E a mudança disso começa com o desenvolvimento dessa competência nos times.

Confira os principais impactos nas organizações:

  • Baixa capacidade de lidar com pressão e estresse, resultando em colaboradores sobrecarregados e esgotados;
  • Resistência e dificuldade em se adaptar a mudanças e novos desafios, levando a empresa a ser inflexível e menos competitiva;
  • Queda na produtividade, pois os colaboradores podem se sentir desmotivados diante de dificuldades;
  • Conflitos internos frequentes e dificuldades na comunicação, prejudicando a eficiência e a integração da equipe;
  • Menor colaboração e trabalho em equipe, impactando negativamente a realização de projetos e metas;
  • Desmotivação e baixo engajamento dos colaboradores, afetando o clima organizacional e a cultura da empresa;
  • Alto índice de rotatividade de funcionários, resultando em custos adicionais com recrutamento e treinamento e desenvolvimento;
  • Falta de confiança mútua entre os membros da equipe, levando a um ambiente de trabalho tóxico;
  • Prejuízos à reputação da empresa, devido a problemas de atendimento ao cliente ou qualidade do produto/serviço;
  • Impacto negativo nos resultados financeiros da empresa, devido ao baixo desempenho e à falta de adaptação às mudanças do mercado.

Mas como ser um profissional resiliente? Sem dúvidas, o desenvolvimento dessa habilidade depende muito do colaborador. Afinal, é uma habilidade socioemocional conectada à diversos fatores subjetivos.

Contudo, as lideranças têm um papel essencial na construção dessa competência nos times. No próximo tópico, entenda qual a sua responsabilidade nesse sentido.

pipeline lideranca

O papel do líder na formação de equipes resilientes

Os líderes têm uma responsabilidade crucial na promoção da resiliência profissional dentro de suas equipes. Isso porque desempenham um papel plural, uma vez que sua influência passa pelos aspectos comportamentais, culturais e organizacionais.

Ao estabelecer um clima de confiança, fornecer orientações, promover aprendizado e demonstrar resiliência, os líderes criam as bases para o crescimento pessoal e profissional dos colaboradores, contribuindo para o sucesso sustentável da organização.

No livro “Resiliência: A transformação como ferramenta para construir empresas de valor”, o autor Eduardo Carmello reforça a importância de os líderes desenvolverem a resiliência em suas equipes:

“O padrão “natural”, ou seja, o comportamento da maioria das pessoas, é esperar as coisas acontecerem para, depois, fazer algo a respeito. E esse padrão nas empresas se reflete em uma atitude passiva na resolução de problemas, uma vez que muitos executivos esperam que as dificuldades venham à tona para, então, buscar meios de lidar com elas.”

Portanto, a resiliência no trabalho é um fator fundamental para quebrar esse padrão natural! Agora é a hora de descobrir como você pode fazer isso. Confira no próximo tópico 6 práticas para adotar com a sua equipe.

6 práticas para desenvolver a resiliência profissional em seu time

Desenvolver a resiliência em uma equipe exige um esforço contínuo e estratégico. Aqui estão seis práticas-chave que os líderes podem adotar para promover a resiliência entre os colaboradores:

1. Fomente a resolução de problemas

Incentive sua equipe a abordar os desafios como oportunidades para desenvolver soluções criativas.

Encoraje a análise das situações, identificação de alternativas e testes de abordagens inovadoras.

Ao promover a resolução de problemas, você ajuda sua equipe a enfrentar adversidades de maneira proativa e a aprender com as experiências.

Você também pode gostar desse conteúdo: O que é pensamento analítico: 8 dicas práticas para desenvolver

2. Crie um ambiente de apoio

Estabeleça um ambiente onde os membros da equipe sintam que podem compartilhar suas preocupações e buscar ajuda quando necessário.

Uma comunicação aberta e transparente também permite que todos expressem suas dificuldades e recebam o suporte necessário.

Para isso, sempre dê feedback construtivo, ajudando seu time a reconhecer pontos a melhorar e a serem resilientes diante de críticas.

Também os mantenha informados previamente sobre as mudanças e desafios futuros, esclareça dúvidas e se coloque à disposição para ouvi-los.

Isso promove um ambiente de confiança, reduz a incerteza, fortalece os laços entre os colegas e reforça a resiliência coletiva.

3. Celebre as conquistas

Reconheça e celebre tanto as pequenas como as grandes conquistas da equipe. Ao comemorar os marcos alcançados, você cria um senso de realização e motivação.

A autoconfiança também é fundamental para a resiliência no trabalho. Por isso, comemorar não apenas destaca os sucessos, mas também reforça a confiança da equipe em sua capacidade de superar desafios futuros.

4. Ofereça oportunidades de desenvolvimento e aprendizado

Proporcione oportunidades de desenvolvimento profissional atrelado às habilidades que o time precisa desenvolver, bem como aos objetivos estratégicos do negócio.

Quando o aprendizado é focado nos desafios reais das equipes, há muito mais engajamento e aplicação prática no local de trabalho.

Ao investir no desenvolvimento do seu time, você não apenas os apoia a lidar com desafios complexos, mas também contribui para que se sintam mais confiantes e preparados para enfrentar o desconhecido.

5. Valorize a diversidade e a inclusão

Promova um ambiente de trabalho diverso e inclusivo, onde diferentes perspectivas são valorizadas.

A exposição a diferentes ideias e pontos de vista fortalece a resiliência ao desafiar os colaboradores a pensar de maneira criativa e a se adaptar a situações variadas.

Esse artigo também pode ser do seu interesse: Diversidade e inclusão na prática: como promover diversidade e alavancar os resultados da empresa?

6. Incentive a colaboração e a criatividade

E por falar em criatividade, fomente a colaboração entre os membros da equipe, incentivando a troca de ideias e a cocriação de soluções.

A colaboração não apenas resulta em melhores resultados, mas também desenvolve a resiliência, uma vez que os colaboradores enfrentam e compartilham desafios juntos.

Agora que você já sabe o que é resiliência profissional, sua importância e como ajudar seu time a desenvolvê-la, temos certeza de que será um pouco mais simples promover uma mudança de mentalidade na sua organização.

Mas para que os colaboradores estejam cada vez mais preparados para enfrentar desafios, somente essa habilidade não é suficiente.

É por isso que elaboramos um checklist com as 15 competências fundamentais para os profissionais do futuro. Nele, além de conhecer quais são essas competências, listamos dicas práticas para você apoiar seu time a desenvolvê-las.

Aproveite e baixe gratuitamente:

Banner com descritivo para download gratuito de checklist das 15 competências fundamentais para o profissional do futuro

 

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

A liderança carismática é um estilo de liderança que se baseia na personalidade magnética do líder para inspirar e motivar pessoas e

Crucial para que a metodologia ágil Scrum tenha sucesso, os Scrum Masters encontram diferentes desafios em seu papel de liderança.  O Scrum

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST