Microlearning: o que é e seus benefícios para empresas

13/05/2024
microlearning

O microlearning, ou microaprendizado, é uma abordagem de ensino que fragmenta conteúdos em módulos curtos e de fácil assimilação.

Geralmente apresentados em formatos como vídeos, quizzes, infográficos ou atividades interativas, essa metodologia permite que os colaboradores aprendam de forma rápida, flexível e sob demanda, otimizando seu tempo e engajamento.

Prepare-se agora para saber mais sobre o que é o microlearning, seus princípios fundamentais e os benefícios que ele oferece para as empresas. 

O que é microlearning?

Microlearning é uma metodologia de ensino que oferece conteúdo educacional em pequenas doses, geralmente de curta duração, facilitando a absorção e retenção do conhecimento. 

Essas unidades de aprendizagem são projetadas para serem consumidas rapidamente, em minutos, e são entregues por meio de diversos formatos, como vídeos, infográficos, quizzes, podcasts, entre outros.

15 competências futuro

Quais são os pilares do microlearning?

Existem alguns elementos comuns que são geralmente considerados no microlearning:

Conteúdo conciso e direto

No microlearning, o conteúdo é dividido em unidades pequenas e específicas. 

Essa abordagem fragmentada permite que os alunos absorvam informações de forma mais eficiente, pois evita a sobrecarga cognitiva com grandes volumes de dados. 

Além disso, a apresentação das informações de maneira clara e direta, ajuda no melhor entendimento e retenção do conhecimento.

Acessibilidade multiplataforma

Outra característica-chave do microlearning é sua capacidade de ser acessado em uma variedade de dispositivos e plataformas, o que proporciona aos colaboradores aprender no seu próprio ritmo e conveniência. 

Essa acessibilidade garante flexibilidade para se ajustar aos diferentes estilos de vida e horários de trabalho.

Interatividade

O microlearning também incorpora elementos como quizzes, simulações e outras atividades interativas, que tornam o processo de aprendizagem mais envolvente e divertido. 

A partir desse engajamento, os colaboradores são desafiados a aplicar o que aprenderam, o que pode levar a uma melhor retenção e compreensão do material, além de facilitar o feedback instantâneo. 

Personalização

Uma das vantagens dessa abordagem é sua capacidade de ser personalizado para atender às necessidades individuais dos colaboradores e áreas. 

Isso pode ser feito adaptando o conteúdo com base nas habilidades existentes dos alunos, suas preferências de aprendizagem ou até mesmo seus objetivos de carreira. 

Por que o microlearning é uma tendência?

O microlearning é uma tendência no cenário educacional e corporativo por diversas razões que refletem as demandas e os desafios do mundo moderno. 

Conheça algumas delas:

Versatilidade

Atualmente, as pessoas são constantemente bombardeadas com uma grande quantidade de informações. Isso pode tornar difícil dedicar um tempo extenso a sessões de treinamento tradicionais. 

O microlearning aborda essa questão oferecendo conteúdo em pequenas doses, que podem ser consumidas em momentos planejados e em trajetos curtos.

Por exemplo: uma empresa que precisa manter constantemente sua equipe de vendas atualizada sobre novos produtos. Ao usar o microlearning, os vendedores podem acessar vídeos curtos ou infográficos durante intervalos entre as reuniões para aprender rapidamente sobre as características dos produtos e as melhores práticas de abordagem.

Aprendizagem a qualquer hora 

Com o aumento do uso de dispositivos móveis e acesso à internet em todos os lugares, as pessoas esperam ter acesso instantâneo às informações. 

O microlearning se adapta perfeitamente a esse contexto, oferecendo conteúdo que pode ser consumido em qualquer dispositivo, a qualquer momento, proporcionando uma experiência de aprendizagem conveniente e flexível.

Por exemplo: uma empresa multinacional pode utilizar microlearning para treinar sua força de trabalho dispersa geograficamente. Os colaboradores podem acessar módulos de treinamento em seus smartphones enquanto viajam entre os clientes.

Maior relevância

O microlearning permite a personalização do conteúdo, adaptando-o às necessidades individuais de cada aluno. Isso aumenta a relevância do treinamento e melhora a qualidade do aprendizado.

Por exemplo: uma empresa de tecnologia que precisa treinar sua equipe de suporte ao cliente. Com base nas áreas de especialização de seus representantes, o sistema de microlearning pode oferecer um conteúdo adequado a cada demanda e tipo de cliente.

Engajamento 

O microlearning tende a ser mais dinâmico e interativo do que os métodos tradicionais de ensino. A partir de elementos como quizzes e vídeos curtos, os colaboradores podem se manter engajados e motivados durante o processo de aprendizagem.

Quais são os benefícios do microlearning na educação corporativa?

O microlearning oferece uma série de benefícios tanto para as empresas, quanto para os colaboradores, tornando-se uma ferramenta valiosa na educação corporativa.

Benefícios para as empresas

Para as empresas, o microlearning proporciona economia de tempo e recursos, pois elimina a necessidade de realizar treinamentos presenciais extensos, reduzindo os custos associados a aluguel de espaços, materiais impressos e deslocamentos. 

Além disso, os formatos digitais permitem o alcance de uma ampla audiência, incluindo colaboradores em diferentes localidades e fusos horários, sem a necessidade de reunir todos em um mesmo local.

Outro benefício é a melhoria da produtividade e desempenho dos colaboradores por oferecer treinamento sob demanda e conteúdo específico para as tarefas do dia a dia. Isso, consequentemente, pode resultar em resultados mais assertivos para a empresa.

Também é possível destacar que o microlearning contribui para a retenção de talentos e para o desenvolvimento profissional dos colaboradores. Isso porque a abordagem cria oportunidades contínuas de aprendizagem e crescimento, reduzindo, a longo prazo, os custos associados à rotatividade de pessoal.

Benefícios para os colaboradores

Para os colaboradores, o microlearning proporciona flexibilidade e conveniência no processo de aprendizagem. 

Isso porque, eles podem acessar conteúdos quando e onde for mais conveniente para eles, seja durante intervalos no trabalho, em casa ou em deslocamentos, facilitando a conciliação entre trabalho e estudo.

Além disso, o microlearning é uma ferramenta mais propensa ao engajamento, uma vez que a apresentação de informações em pequenas doses e elementos interativos pode resultar em uma melhor retenção de informações e um entendimento mais profundo dos conceitos apresentados.

Onde e como aplicar o microlearning em empresas?

O microlearning se mostra uma ferramenta poderosa para empresas que desejam impulsionar o aprendizado e o desenvolvimento de seus colaboradores de forma eficiente, flexível e engajadora. 

Sua aplicação pode ser realizada em diversos contextos e situações, desde a integração de novos funcionários até o treinamento contínuo em áreas específicas.

Confira alguns exemplos de onde e como o microlearning pode ser aplicado em empresas:

Integração (Onboarding)

  • Apresentação da empresa: vídeos curtos, animações ou infográficos que apresentem a história da empresa, sua missão, visão e valores, além da estrutura organizacional e principais produtos ou serviços.
  • Políticas e normas: módulos interativos sobre as políticas internas da empresa, como código de conduta, normas de segurança, uso de equipamentos e benefícios.
  • Ferramentas e sistemas: tutoriais rápidos que ensinem os novos colaboradores a utilizar as ferramentas e sistemas utilizados na empresa.

Treinamento e desenvolvimento

  • Desenvolvimento de habilidades: módulos focados no desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais, como liderança, comunicação, trabalho em equipe, resolução de problemas e gestão de tempo.
  • Atualização profissional: pílulas de conhecimento que mantenham os colaboradores atualizados sobre as últimas tendências do mercado, novas tecnologias e mudanças na legislação.
  • Preparação para certificações: conteúdos específicos para auxiliar os colaboradores na preparação para exames.

Comunicação interna

  • Campanhas de comunicação: microconteúdos que divulguem campanhas internas, como lançamentos de produtos, programas de endomarketing e ações de conscientização.
  • Divulgação de notícias: pílulas de notícias que informem os colaboradores sobre os últimos acontecimentos da empresa, resultados do negócio e mudanças na organização.
  • Compartilhamento de boas práticas: vídeos ou podcasts com depoimentos de colaboradores e cases de sucesso.

Outras aplicações

  • Aprendizagem de idiomas: módulos para auxiliar os colaboradores no aprendizado de um novo idioma, com foco em vocabulário, gramática e conversação.
  • Segurança no trabalho: treinamentos rápidos sobre prevenção de acidentes, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e primeiros socorros.
  • Sustentabilidade: conteúdos que conscientizem os colaboradores sobre a importância do tema e que incentivem práticas no dia a dia.

Dicas práticas para aplicar o microlearning

E, finalmente, para aplicar o microlearning com sucesso, é importante considerar alguns pontos importantes:

  • Definir objetivos claros: isso ajudará a determinar o conteúdo, o formato e os canais de distribuição mais adequados.
  • Criar conteúdos de qualidade: os temas devem ser interessantes, relevantes e fáceis de entender. Para isso, utilize recursos como vídeos, animações, infográficos e gamificação para tornar o aprendizado mais dinâmico e engajador.
  • Escolher os formatos corretos: eles devem ser variados e adequados aos diferentes canais de distribuição. Vídeos curtos, podcasts, pílulas de texto e infográficos são algumas opções populares.
  • Utilizar canais de distribuição adequados: que devem ser escolhidos de acordo com o público-alvo e os objetivos do projeto. Plataformas de e-learning, aplicativos mobile, redes sociais e intranet da empresa são algumas opções a serem consideradas.
  • Monitorar e avaliar os resultados: é importante identificar o que está funcionando bem e o que precisa ser melhorado. Para fazer isso, utilize ferramentas de análise de dados para acompanhar o engajamento dos colaboradores, o nível de aprendizado e o impacto da iniciativa nos resultados da empresa.

E para auxiliar ainda mais no desenvolvimento de habilidades dos colaboradores, um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) é essencial. Saiba como criar em nosso guia completo!

pdi guia

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

A proatividade é uma qualidade que sempre é muito valorizada no ambiente profissional. Ela vai além da simples execução de tarefas e

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST