Feedback: o que é e como fazer com dicas práticas

29/05/2024

Feedback é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento pessoal e profissional, atuando como um guia para a melhoria contínua. 

No contexto empresarial, um modelo bem estruturado pode transformar a dinâmica de uma equipe, aumentar a motivação e aprimorar o desempenho. No entanto, dar e receber feedbacks requer habilidade e conhecimento. 

Neste texto você vai saber o que é feedback, seus tipos, importância e técnicas principais. 

Continue lendo e descubra como transformar suas interações profissionais com 9 dicas práticas.

O que é feedback?

Feedback, termo derivado do inglês que significa “alimentar de volta”, representa a devolutiva de informações sobre um determinado desempenho. 

No mundo corporativo, essa é uma ferramenta utilizada para a comunicação de informações, opiniões ou avaliações sobre o desempenho de uma pessoa, ação ou processo. 

Seu objetivo principal é promover o aprimoramento, por meio de uma visão clara sobre o que está sendo bem feito e o que precisa de melhorias. 

De modo geral, um feedback pode ser tanto positivo, reconhecendo e reforçando comportamentos desejáveis, quanto construtivo, apontando áreas que necessitam de desenvolvimento.

Quais são os tipos de feedback?

Existem vários tipos de feedbacks que podem ser utilizados em diferentes contextos, cada um possui propósito e impacto específicos:

Feedback positivo

Elogia e reforça comportamentos ou resultados desejáveis, incentivando sua continuidade.

Exemplo: “Seu relatório foi excelente, especialmente a análise detalhada dos dados.”

Feedback construtivo

Aponta áreas de melhoria e oferece sugestões para correção ou desenvolvimento, visando o aprimoramento contínuo. 

Exemplo: “Notei que o prazo para o projeto foi perdido. Talvez possamos melhorar o planejamento para a próxima vez.”

Feedback destrutivo

Desaconselhado, esse tipo de feedback faz críticas sem orientação construtiva, que podem desmotivar e prejudicar o desempenho de um indivíduo. 

Exemplo: “Seu trabalho é sempre péssimo e nunca atende às expectativas.”

Feedback formal

Estruturado e planejado, envolve a avaliação do desempenho de um indivíduo ou equipe em um determinado espaço de tempo. 

É geralmente documentado e segue um formato predefinido, podendo incluir relatórios escritos, formulários de avaliação e reuniões programadas. 

O objetivo do feedback formal é oferecer uma análise detalhada e objetiva do desempenho, identificar pontos fortes e áreas a serem melhoradas, além de estabelecer metas e planos de desenvolvimento.

Exemplo: Feedback durante uma avaliação anual de desempenho.

Feedback informal

Geralmente mais imediato, é espontâneo e não estruturado, podendo ocorrer no dia a dia. 

Exemplo: Comentários rápidos durante uma reunião ou em uma conversa casual.

Feedback 360 Graus

É uma abordagem usada para avaliar o desempenho de um indivíduo a partir de múltiplas perspectivas. 

Nesse tipo de feedback, o avaliado recebe insights não apenas do seu superior direto, mas também de colegas, subordinados e até mesmo clientes. 

Feedback Ascendente

É o processo onde subordinados fornecem feedback aos seus superiores. Ele ajuda a melhorar a liderança e a empoderar os colaboradores

Exemplo: “No último projeto, a mudança no prazo sem uma discussão prévia com a equipe gerou bastante confusão e aumentou a pressão sobre todos. Seria benéfico se pudéssemos ser incluídos nessas decisões para que possamos planejar e ajustar nosso trabalho de forma mais eficaz.”

Qual a importância de um bom feedback?

Nas empresas, o feedback é essencial para desenvolvimento dos colaboradores, melhoria contínua de processos e sustentação de um ambiente produtivo. 

Seja em avaliações de desempenho, programas de desenvolvimento de carreira, sessões de coaching e reuniões de equipe, entre outras situações, essa ferramenta pode promover a aprendizagem, motivação, construir confiança e, consequentemente, aprimorar o desempenho. 

Empresas de todos os tamanhos e setores, desde grandes corporações a startups, podem se beneficiar dessa prática para manter a agilidade, incentivar a inovação e garantir a qualidade dos serviços.

Além disso, vale a pena ressaltar que o feedback é essencial para orientar os profissionais em seus papéis na empresa, proporcionando clareza sobre expectativas, identificando áreas de desenvolvimento, estabelecendo metas, reconhecendo conquistas e desenvolvendo habilidades de liderança

Através do feedback contínuo e construtivo, os profissionais podem entender melhor seu papel na organização, receber orientação sobre como melhorar e crescer em suas carreiras, contribuindo assim para o sucesso, tanto individual, quanto coletivo.

Quais são as principais técnicas de feedback

Existem várias técnicas de feedback que podem ser usadas. Cada uma tem suas próprias características e contexto e podem ser usadas de acordo com as necessidades e objetivos das empresas. 

Conheça as mais comuns:

Técnica Sandwich 

Esta técnica alterna entre feedback positivo, feedback construtivo e termina com mais feedback positivo. 

O propósito deste formato é ajudar a suavizar a crítica, destacando aspectos positivos junto com áreas de melhoria.

Embora tenha sido amplamente utilizado, o feedback Sandwich divide opiniões. 

Especialistas advertem que intercalar críticas entre elogios não é recomendado, porque pode diluir o impacto do feedback construtivo e ser percebido como manipulativo, além de causar confusão, reduzir a credibilidade e dificultar a implementação de mudanças.

Exemplo: “Você fez um ótimo trabalho na apresentação de hoje (positivo). No entanto, seria útil se você pudesse melhorar o uso de dados visuais para reforçar seus pontos (construtivo). No geral, sua habilidade de envolver o público é impressionante (positivo).”

Feedback 360 Graus 

Coleta feedback de várias fontes, incluindo colegas, subordinados e superiores, para fornecer uma visão abrangente do desempenho de um indivíduo. 

Essa abordagem ajuda a identificar pontos fortes e áreas de melhoria a partir de múltiplas perspectivas.

Exemplo: Um colaborador recebe feedback anônimo de seu gerente, colegas e subordinados, abordando aspectos de sua liderança, comunicação e desempenho técnico.

SBI (Situação-Comportamento-Impacto)

Descreve a situação específica, o comportamento observado e o impacto desse comportamento. 

Esta técnica ajuda a manter o feedback mais objetivo possível.

Exemplo: “Na reunião de equipe na segunda-feira passada (situação), você fez uma apresentação detalhada do progresso do projeto (comportamento). No entanto, você não permitiu tempo para perguntas ou discussão, o que resultou na frustração de alguns participantes, porque eles não puderam esclarecer dúvidas importantes (impacto). No futuro, seria útil reservar alguns minutos no final para perguntas e discussões, para garantir que todos estejam na mesma página.”

Modelo STAR (Situação-Tarefa-Ação-Resultado)

Detalha a situação, a tarefa a ser realizada, as ações tomadas e os resultados obtidos, fornecendo um feedback detalhado e contextualizado.

Exemplo: “Durante o projeto de lançamento do produto (situação), sua tarefa era coordenar a equipe de marketing (tarefa). Você organizou reuniões regulares e garantiu que todos estivessem alinhados (ação), resultando em um lançamento bem sucedido e no aumento das vendas em 20% (resultado).”

Feedback ASC (Ação-Sugestão-Consequência)

Foca na ação realizada, oferece uma sugestão para melhoria e explica a consequência positiva dessa mudança.

Exemplo: “Você tem entregado relatórios muito detalhados (ação). Sugiro que você resuma as informações principais para facilitar a leitura (sugestão). Isso ajudará os gerentes a tomarem decisões mais rapidamente (consequência).”

Técnica BOOST 

O modelo BOOST é uma técnica de feedback que ajuda a fornecer e receber feedback de maneira respeitosa, específica e orientada para soluções. 

A sigla BOOST representa Equilíbrio, Observação, Resultado, Situação e Tempo.

Exemplo: “Seu trabalho na última campanha foi muito criativo (equilíbrio). Notei que os gráficos foram entregues com alguns erros de formatação (observação). Seria bom revisar esses detalhes antes da entrega final (resultado). Corrigir isso pode melhorar a apresentação geral (situação). Vamos garantir que isso seja feito antes da próxima reunião (tempo).”

9 dicas práticas para melhorar seu feedback

Agora que já vimos alguns modelos de feedbacks, chegou a hora de conhecer algumas boas práticas que ajudam no momento da execução: 

1- Seja específico

Em vez de fazer comentários vagos, forneça exemplos concretos do comportamento ou ação que você está destacando. Isso ajuda o receptor a entender exatamente o que você está abordando.

Exemplo: “Na apresentação de ontem, você explicou claramente os objetivos do projeto e manteve a equipe engajada.”

2 – Seja equilibrado

Combine feedback positivo com áreas de melhoria para manter a moral e a motivação. Reconhecer os pontos fortes ao lado dos pontos de melhoria ajuda a criar um ambiente de crescimento.

Exemplo: “Seu relatório estava bem organizado e detalhado. Para a próxima vez, seria ótimo incluir mais gráficos para ilustrar os dados.”

3 – Foque no comportamento, não na pessoa

Concentre-se nas ações ou comportamentos específicos, não nas características pessoais do indivíduo. Isso torna o feedback menos pessoal e mais orientado para a melhoria.

Exemplo: “Durante a reunião, você falou por cima dos outros. Vamos tentar permitir que todos tenham a chance de falar.”

4 – Seja claro e objetivo

Use uma linguagem clara e direta para evitar mal entendidos. Certifique-se de que o feedback seja fácil de entender e que não deixe espaço para ambiguidades.

Exemplo: “Preciso que os relatórios sejam enviados até sexta-feira, às 17h.”

5 – Esteja aberto ao diálogo

Encoraje uma comunicação bidirecional, permitindo que o receptor do feedback faça perguntas, compartilhe suas perspectivas e discuta soluções. Isso fortalece um ambiente de colaboração e compreensão mútua.

Exemplo: “O que você acha desta sugestão? Há algo que possamos fazer para facilitar sua implementação?”

6 – Escolha o momento adequado

Forneça feedback em um momento apropriado e em um ambiente adequado. Evite momentos de alta tensão ou distrações para garantir que o feedback seja bem recebido e considerado.

Exemplo: “Vamos discutir isso em nossa reunião individual na sexta-feira, para que tenhamos tempo suficiente.”

7 – Ofereça soluções e suporte

Além de identificar áreas de melhoria, ofereça sugestões práticas e apoio para ajudar a pessoa a fazer as mudanças necessárias. Mostre que você está comprometido com o desenvolvimento dela.

Exemplo: “Seria útil fazer um curso em determinada área. Eu posso ajudar a encontrar um bom curso e ajustar seu horário para que você possa participar.”

8 – Seja consistente

Forneça feedbacks de maneira regular e consistente, não apenas durante avaliações formais. A prática contínua de feedback ajuda a criar uma cultura de melhoria contínua.

Exemplo: “Vamos revisar seu progresso toda semana para garantir que você está no caminho certo.”

9 – Reconheça o esforço e o progresso

Não se concentre apenas nos resultados finais. Reconheça e valorize o esforço e o progresso que a pessoa está fazendo ao longo do caminho.

Exemplo: “Você está realmente se esforçando para melhorar suas habilidades de comunicação, e eu já noto uma diferença positiva nas suas apresentações.”

Coloque em prática hoje

Gostou das dicas? Dominar a arte de dar e receber feedbacks é essencial para qualquer profissional que busca crescimento e excelência. 

Tenha em mente que essa habilidade melhora com a prática regular. Quanto mais frequente for, mais confortável e competente se tornará. Um passo importante é criar uma cultura, onde essas conversas sejam uma parte natural do fluxo de trabalho diário, não apenas reservadas para avaliações formais de desempenho.

A partir disso, todo o processo de dar e receber feedbacks se tornará mais fluente e fácil de ser executado.

Dar feedbacks é importante, mas sem um plano de ação para as recomendações de melhoria não há crescimento. Saiba em nosso guia completo como criar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) na sua empresa e acelere suas equipes!

pdi guia

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

Paula recebeu um desafio: assumir uma planta industrial no interior do Brasil e resolver um problema para sua empresa, uma grande multinacional

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

A hiperconectividade do mundo, o trabalho em rede e o surgimento de tecnologias cada vez mais disruptivas estão transformando o mercado de

A inovação é um dos principais motores de competitividade e crescimento sustentável no cenário empresarial de hoje. Empresas de todos os tamanhos

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST