Reskilling: o que é e a diferença para upskilling

15/05/2024
reskilling

Todo profissional deve estar sempre em busca de novas maneiras de se aprimorar. Isso é tão importante que até existem termos específicos para se referir a diferentes formas de fazer isso. Por exemplo, você já ouviu falar em reskilling?

Não importa qual seja a área de atuação, um profissional pode ir além das fronteiras do que considera seu domínio e buscar novas oportunidades de aprendizado. Como resultado, pode migrar para novas funções ou enriquecer a sua própria entrega. Essa é a proposta por trás do reskilling.

O que acha de saber mais sobre isso? A seguir, confira todas as informações sobre o que é reskilling e a importância dele!

O que é reskilling?

Reskilling é o processo de adquirir novas habilidades ou capacitações para se adaptar às mudanças do mercado de trabalho ou novas exigências na empresa. Geralmente, isso envolve a aprendizagem de novas técnicas, ferramentas, conhecimentos técnicos, entre outros.

Com as recentes transformações tecnológicas, o reskilling acabou se tornando uma necessidade constante. Por meio de estratégias desse tipo, os profissionais podem desenvolver habilidades multidisciplinares e interagir com novas áreas.

Profissionais de qualquer área podem focar no reskilling para ampliarem suas oportunidades de carreira. Por exemplo, um jornalista pode aprender a criar conteúdo digital multimídia. Outra possibilidade é um assistente administrativo que desenvolve competências em gestão de projetos.

15 competências futuro

Quando aplicar o reskilling?

Saber o momento certo de aplicar o reskilling em sua empresa pode ser decisivo para garantir a capacidade de adaptação dela. Afinal, todos os mercados estão em constante transformação, exigindo uma atitude proativa das organizações e de seus profissionais.

A seguir, você verá quais são os principais cenários em que se justifica um foco no reskilling:

Mudanças no mercado de trabalho

Pode ser que o seu segmento esteja mudando bastante devido a novas tendências, demandas de consumidores ou mudanças econômicas. Então é importante que os seus colaboradores adquiram habilidades que até o momento não faziam parte da sua realidade.

Inclusão de novas tecnologias

A tecnologia está em constante transformação, e é a partir daí que podem surgir tendências altamente relevantes para seu segmento. No entanto, só é possível aproveitá-las se as equipes tiverem as qualificações necessárias para lidar com essas novidades.

Introdução de novos produtos ou serviços

Quando uma empresa lança novos produtos ou serviços, quase sempre é necessário treinar a equipe para expectativas inéditas. Afinal, é preciso que todos compreendam as novas ofertas e possam servir de apoio para a organização alcançar bons resultados com elas.

Desenvolvimento pessoal e de carreira

Os funcionários também pode buscar o reskilling como parte de seus objetivos de desenvolvimento pessoal e profissional. Esse é um ótimo caminho para buscar promoções, mudanças de carreira ou simplesmente aumentar a sua satisfação no trabalho.

Qual a diferença entre upskilling e reskilling?

Upskilling e reskilling são ambos processos de desenvolvimento de habilidades, mas diferem em relação à abordagem. Um não é melhor do que o outro, podendo ser complementares ou implementados em diferentes cenários para atingir determinados objetivos.

O upskilling se diferencia dele por envolver o aprimoramento de habilidades relacionadas à área em que o colaborador já está. Isso é um contraste com o reskilling, que, por sua vez, refere-se a desenvolver competências bem diferentes daquelas que o profissional já possui.

Por exemplo, considere o caso de um profissional de RH. Se ele participar de cursos e treinamentos voltados para melhorar suas habilidades de recrutamento, trata-se de uma iniciativa de upskilling. Ou seja, ele está focando naquelas competências que já fazem parte de sua realidade.

Por outro lado, ele também pode optar pelo reskilling e direcionar sua profissão para um foco mais estratégico, como em análise de dados ou gestão de talentos. Isso seria bastante diferente do papel original dele, significando uma transição de carreira compatível com o reskilling.

Dessa forma, pode-se dizer que reskilling e upskilling são complementares. Ambos podem trazer benefícios tanto para a empresa quanto para o colaborador individualmente.

Por que é importante investir no desenvolvimento profissional?

O desenvolvimento profissional deve estar sempre entre as prioridades das empresas. Afinal, trata-se de uma ferramenta fundamental para manter a competitividade no mercado e aproveitar as melhores oportunidades do dia a dia.

Para começar, o desenvolvimento profissional é o que mantém as equipes atualizadas com as novas tecnologias e práticas do setor. Isso possibilita a criação e manutenção de soluções realmente inovadoras e eficazes.

Além disso, esse foco em se desenvolver profissionalmente coloca o colaborador em contato com novas técnicas que podem auxiliá-lo no dia a dia. Como resultado, é possível aproveitar um aumento na produtividade e na qualidade das entregas.

Também vale reforçar o quanto o desenvolvimento profissional está ligado ao pessoal. Um pode ter impactos positivos no outro, contribuindo para a formação de um funcionário que lida melhor com o estresse, mantém um equilíbrio saudável entre vida pessoal e trabalho e desenvolve novas habilidades.

Quais os impactos do reskilling para empresas?

Ao colocar o reskilling entre as suas prioridades ao lidar com o desenvolvimento de seus funcionários, as empresas podem sentir diversos impactos positivos.

A seguir, você irá conhecer quais são os principais reflexos perceptíveis do reskilling para as organizações!

Maior foco em inovação

Ao investir no reskilling dos funcionários, as empresas permitem que eles abordem os desafios de maneiras diferentes. Como consequência, isso leva a um pensamento mais criativo e inovador. Isso é altamente saudável para uma organização se manter relevante em qualquer mercado.

Melhorias na eficiência operacional

Equipes treinadas em novas técnicas, ferramentas e tecnologias tendem a ser mais produtivas em suas tarefas diárias. Isso resulta em processos mais ágeis, na redução de erros e desperdícios, e um aumento na qualidade das entregas.

Criação de uma cultura de aprendizado

O investimento em reskilling e outras iniciativas de desenvolvimento profissional contribui para a criação de uma cultura de aprendizado em sua empresa. Isso carrega consigo uma série de benefícios, que vão desde o aumento da motivação e retenção das equipes até a promoção de um ambiente mais colaborativo.

Mais flexibilidade e adaptabilidade

Funcionários que passam por reskilling estão mais preparados para se adaptarem às mudanças comuns em todas as áreas de atuação. Afinal, eles possuem um conjunto mais amplo de habilidades e conhecimentos, permitindo que se ajustem a novas condições com mais facilidade.

O reskilling é um tipo de iniciativa totalmente alinhado com um mercado em constante evolução. Tanto as empresas quanto os próprios profissionais precisam contar com as ferramentas certas para se adaptarem às constantes mudanças comuns a todas as áreas. Assim, será possível se destacar em meio à concorrência e garantir sua relevância no futuro.

E um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) pode ajudar muito nesse momento de aprender novas habilidades. Leia em nosso guia completo como elaborar um para seus colaboradores!

pdi guia

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Em um cenário cada vez mais interconectado e impulsionado pela comunicação instantânea, o networking se tornou uma habilidade que todo profissional precisa

A gestão de equipes é mais do que simplesmente coordenar tarefas. Envolve um conjunto de habilidades e práticas que visam promover a

Churn é a taxa de rotatividade de clientes, representando a porcentagem que deixa de utilizar um produto ou serviço em um período

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST