Visão sistêmica para líderes: como desenvolver e se destacar

21/10/2023

Imagine um jovem universitário, imerso em linhas de código e possibilidades, que desencadeia uma revolução digital ao identificar algo que ninguém mais havia visto. Esse jovem é Mark Zuckerberg, e sua genialidade não apenas criou o Facebook, mas também ilustrou o poder da visão sistêmica em ação.

Se você ainda não assistiu ao filme “A Rede Social” (2010), fica a sugestão. A obra destaca como Zuckerberg, enxergou além das superfícies digitais e reconheceu as complexas interconexões entre as pessoas e suas vidas online.

Ao notar que poderia conectar amigos em uma rede social, ele não só criou uma plataforma. Na verdade, ele percebeu que poderia impactar diversos aspectos da vida das pessoas, influenciando desde a comunicação até a publicidade.

Ao se inspirar por histórias como essa e muitas outras referências, você também pode aplicar essa abordagem em sua equipe, influenciando a todos em sua empresa.

E não importa se você lidera um setor ou toda a organização, a visão sistêmica é uma habilidade poderosa para entender as complexas relações entre os elementos que compõem sua empresa.

Assim como Zuckerberg viu além das linhas de código para criar uma rede social global, você também pode enxergar além das partes individuais para ampliar o desempenho de sua equipe e a eficiência operacional do negócio.

Mas afinal, o que é visão sistêmica e por que ela é tão importante em nosso mundo em constante evolução?

Neste conteúdo, vamos explorar essas perguntas. E você também vai descobrir como pode desenvolver essa habilidade em você e no seu time.

Boa leitura!

O que é visão sistêmica?

A visão sistêmica é uma habilidade que envolve a capacidade de compreender todos os elementos da empresa e como eles interagem e influenciam uns aos outros.

Esses elementos são, por exemplo, setores, processos, produtos, modelo de negócio, stakeholders e tudo que compreende a organização.

Antes de aprofundar esse tópico, é interessante entender o que é “sistêmico”. O dicionário Michaelis traz o significado do campo da medicina, que diz: “Que afeta o organismo como um todo ou grande parte dele”.

Podemos emprestar essa definição para fazer uma analogia com um ecossistema repleto de organismos vivos, os quais interagem entre si.

Um ecossistema equilibrado depende do funcionamento saudável de várias espécies diferentes, as quais enfrentam os desafios do meio em que estão inseridas.

Da mesma forma, a visão sistêmica organizacional reconhece a importância de todos as pessoas, departamentos e processos para o atingimento dos objetivos estratégicos do negócio.

Por outro lado, quando um ecossistema é afetado por mudanças em qualquer parte dele, gera efeitos em cascata em todo o sistema.

O mesmo acontece nas organizações: a mudança em um departamento ou processo também pode afetar outros aspectos do negócio. E a visão sistêmica empresarial permite antecipar esses efeitos.

Longe de impactar as empresas apenas internamente, ela também abrange as conexões e influências que vêm de fora da organização.

Isso significa que o ambiente externo no qual uma organização está inserida impacta diretamente nas suas operações, estratégias e resultados.

Mais importante que entender o que é visão sistêmica, é compreender como usá-la no dia a dia profissional e qual a sua importância para os negócios. Continue lendo e descubra mais sobre essa habilidade!

Qual a importância da visão sistêmica nas empresas?

A visão sistêmica é dinâmica e vai muito além de conhecer a organização por completo. Ter essa habilidade é contar com um radar que capta tendências, desafios e oportunidades antes que eles se tornem evidentes para todos.

Enxergar sistemicamente é fundamental para o sucesso e a sustentabilidade das empresas em cenários cada vez mais complexos e interconectados.

E é por isso que essa habilidade ocupa o 6° lugar no ranking das competências do profissional do futuro em crescimento, segundo o relatório Futuro do Trabalho 2023 (Fórum Econômico Mundial – FEM).

Esse estudo aponta que 59,9% das empresas pesquisadas acreditam que essa é uma habilidade importante para o futuro dos negócios.

habilidades-do-profissional-do-futuro-em-crescimento
Top 10 skills on the rise (Fórum Econômico Mundial)

Esse dado reforça a importância e a necessidade urgente de desenvolvimento dessa competência em líderes e liderados.

E por falar em liderança, essa habilidade é essencial para esta posição. Ela ajuda o líder a antecipar problemas interdepartamentais, identificar gargalos em processos e implementar mudanças com base em uma visão organizacional ampla.

Essa habilidade auxilia, inclusive, a construção e a execução de uma visão estratégica.

Afinal, se o líder tem clareza da organização e a conhece por completo, é mais fácil planejar o futuro do negócio.

Para além desses benefícios, confira no tópico seguinte as principais vantagens da visão sistêmica organizacional.

10 vantagens da visão sistêmica nas organizações

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando como a visão sistêmica pode impactar positivamente a eficiência da sua equipe e os resultados corporativos, não é mesmo?

Confira as vantagens que listamos abaixo e entenda melhor como essa habilidade pode alavancar o desempenho do seu time e da sua empresa:

1. Tomada de decisão informada

Com a visão integral das operações, é possível tomar decisões mais embasadas e alinhadas com os objetivos globais da empresa.

2. Resolução eficiente de problemas

Identificar as raízes dos problemas é fundamental para resolvê-los de forma eficaz. A visão ampla ajuda a encontrar conexões muitas vezes não notadas e a abordar os problemas na origem. Além disso, ajuda a lidar com complexidades e ambiguidades, encontrando soluções equilibradas e eficazes diante de cenários desafiadores.

3. Inovação estratégica

Ao enxergar a empresa como um sistema interconectado, pode-se descobrir oportunidades de melhorias, novos produtos ou abordagens de mercado.

4. Otimização de recursos e eficiência operacional

Com essa habilidade, é muito mais simples identificar áreas de desperdício e ineficiência dentro da organização. Isso possibilita a alocação mais eficaz de recursos, reduzindo custos e maximizando a produtividade.

5. Maior alinhamento e coesão de equipe

A abordagem sistêmica promove um maior alinhamento entre as equipes, guiando-as aos objetivos estratégicos do negócio. Isso fortalece a colaboração e minimiza os conflitos internos.

6. Previsão e adaptação a mudanças

Com visão sistêmica, todos se tornam mais aptos a prever mudanças no ambiente de negócios e a se adaptar a elas com agilidade. Também é possível identificar sinais de tendências emergentes e tomar medidas proativas para manter a empresa competitiva.

7. Melhoria na gestão de riscos

A abordagem sistêmica ajuda a identificar os riscos associados a cada parte da organização e como eles podem se propagar por todo o sistema. Isso permite a implementação de estratégias de mitigação mais eficazes.

8. Desenvolvimento de relações interorganizacionais

Ao entender as conexões e interdependências com outras empresas e parceiros, os times podem construir relacionamentos mais estratégicos e colaborativos, ampliando oportunidades de negócios e fortalecendo a rede de contatos.

9. Criação de valor sustentável

A visão ampla facilita a criação de valor para todas as partes interessadas, incluindo clientes, funcionários, acionistas e a comunidade. Isso contribui para a construção da sustentabilidade a longo prazo.

10. Melhoria da comunicação externa

Essa habilidade permite que os líderes comuniquem efetivamente a missão, os valores e as ações da empresa externamente, ou seja, aos clientes, investidores e parceiros de negócios. Assim, as lideranças constroem uma imagem mais coerente e confiável da organização.

Essas vantagens ilustram como essa competência é um ativo valioso para todos os colaboradores, permitindo que eles sejam mais estratégicos, eficientes e resilientes.

Qual a diferença entre pensamento analítico e visão sistêmica?

A visão sistêmica e analítica podem ser facilmente confundidas ou consideradas iguais. Embora essas duas habilidades sejam distintas, podem ser aplicadas de maneira complementar. Confira as principais diferenças entre elas:

Pensamento analítico

O pensamento analítico se concentra em decompor um problema ou situação complexa em partes menores para compreendê-las individualmente.

Isso significa que pensar analiticamente é examinar cada componente, identificar padrões, causas e efeitos – tudo de forma detalhada.

Visão sistêmica

Por outro lado, a visão sistêmica envolve compreender a totalidade de um sistema, considerando como os componentes interagem e influenciam uns aos outros.

Essa competência vai além dos detalhes, buscando entender as relações e reconhecer como a mudança em uma parte afeta o todo.

No livro Visão sistêmica e administração: conceitos, metodologias e aplicações, os organizadores Dante P. Martinelli e Carla A. A. Ventura citam que nas empresas que seguem a abordagem sistêmica “a mudança e o aprendizado são constantes, principalmente por ser um sistema adaptativo, sempre em busca de equilíbrio.”

Também reforçam que “a abordagem sistêmica permite […] a efetiva resolução de problemas a partir de um extenso olhar para o todo, em vez de uma análise específica das partes.”

pipeline lideranca

Pensamento analítico e visão sistêmica na prática

Para tornar mais clara a diferença entre a visão sistêmica e analítica, imagine um funcionário de uma empresa de tecnologia que enfrenta queda nas vendas de um novo produto.

Ao aplicar o pensamento analítico, ele examina detalhadamente os dados de vendas, identificando padrões de declínio em regiões específicas e faixas etárias.

Já ao usar o pensamento sistêmico, ele amplia sua análise para considerar fatores externos, como mudanças nas tendências do mercado e concorrência intensificada.

Assim, ele percebe que as ações de marketing foram adaptadas para um público-alvo específico, o que afetou negativamente outras faixas etárias.

Ao combinar o pensamento analítico e sistêmico, o funcionário propõe uma estratégia de marketing mais abrangente, ajustando as táticas para diferentes grupos demográficos e considerando a dinâmica geral do mercado.

Viu só como essas duas habilidades são interconectadas? Dessa maneira, ao adotar uma abordagem estratégica, o colaborador conseguiu alcançar resultados mais eficazes, o que impulsionará as vendas da companhia.

Mas afinal, como desenvolver a visão sistêmica para que você seja um líder ainda mais eficiente? Descubra no próximo tópico!

Como desenvolver a visão sistêmica?

Considerada uma das habilidades do profissional do futuro, sem dúvidas, você já entendeu o quão importante ela é para sua empresa.

Por isso, desenvolver essa habilidade é fator-chave para se destacar na carreira, especialmente na liderança. Confira as práticas que listamos para te ajudar:

1) Amplie sua perspectiva:

Entenda a interconexão entre os diferentes elementos da sua empresa. Observe como as decisões em um departamento afetam outras áreas.

Uma boa forma de fazer isso é manter uma escuta ativa nas interações com outras lideranças e colaboradores.

Captar a influência de um setor no outro é o que vai tornar sua visão de negócio completa.

2) Estude casos reais:

Que tal analisar casos de sucesso e fracasso em outras empresas? Sempre surgem novas notícias na mídia, as quais você pode aproveitar para tirar algum aprendizado.

Há também alguns casos já conhecidos, como o da empresa Nokia, que nos anos 2000 era líder no mercado de telefones celulares.

No entanto, quando a indústria de smartphones começou a emergir, a Nokia falhou em adotar uma visão sistêmica das mudanças do mercado, ficando atrás da concorrência e perdendo seu espaço.

Aprender com casos reais, sejam bons ou ruins, é uma ótima maneira de entender o que aplicar e o que evitar na sua empresa.

3) Promova a colaboração:

Incentive a colaboração entre equipes e departamentos, permitindo que todos vejam como suas ações podem impactar positivamente ou negativamente outros setores da empresa.

Ao conectar as equipes, você garante um movimento bastante comum: a prática de feedback entre os times. Esse tipo de feedback oferece insights sobre como as decisões do dia a dia influenciam os outros.

Este conteúdo também pode ser do seu interesse: Aprendizagem colaborativa: o que é e como aplicar na empresa

5) Desenvolva habilidades analíticas:

Aprimore suas habilidades analíticas para identificar tendências, padrões e relações a partir de dados complexos. Dessa forma, você entenderá melhor como essas informações se relacionam.

Uma boa maneira de fazer isso é adotar uma mentalidade data-driven (baseada em dados). Ser orientado a dados pode ajudar você e sua equipe a:

  • Tomar decisões com base em evidências;
  • Identificar padrões e tendências;
  • Monitorar impactos e resultados;
  • Antecipar e prever desafios e oportunidades;
  • Compreender melhor o cliente e o mercado;
  • Otimizar processos internos;
  • Planejar estratégias de longo prazo.

6) Atualize-se constantemente:

Como falamos no começo deste conteúdo, a visão sistêmica de uma empresa deve ir além dela própria.

Por isso, é essencial que você esteja ciente das mudanças no mercado, considerando sempre os fatores externos também.

Além disso, busque desenvolver novos conhecimentos e habilidades continuamente, exercendo o aprendizado contínuo (lifelong learning).

7) Aposte em ferramentas e metodologias

Os itens anteriores abordaram atitudes e habilidades que você pode desenvolver para melhorar seu pensamento sistêmico.

Além disso, listamos abaixo algumas ferramentas e metodologias que facilitam a construção dessa competência:

  • Mapas mentais;
  • Diagrama de causa e efeito (Ishikawa ou Espinha de Peixe);
  • Análise SWOT;
  • Diagramas de fluxo de valor;
  • Matriz de impacto e influência;
  • Análise PESTEL;
  • Balanced Scorecard;

Ao incorporá-las, você não só desenvolve uma visão sistêmica sólida, mas também ajuda sua equipe a fazer o mesmo.

Lembrando que todas as práticas listadas aqui também podem ser aplicadas pelo seu time.

Quais são os principais desafios na implementação da visão sistêmica e como superá-los?

Implementar a visão sistêmica empresarial pode ser desafiador, tanto a nível micro (equipe) quanto a nível macro (negócio como um todo).

Confira alguns desafios que você pode enfrentar:

1) Cultura organizacional enraizada na resistência à mudança;

2) Falta de comunicação e colaboração entre setores;

3) Hierarquia e estrutura rígida que dificulta a abordagem sistêmica;

4) Falta de dados e métricas adequados para embasar decisões;

5) Necessidade de mudança de mindset para adotar uma visão mais ampla;

A boa notícia é que há alguns comportamentos que você pode adotar para começar a mudar esse cenário:

1) Seja exemplo e engaje os demais: demonstre um compromisso ativo com a visão sistêmica, sendo um modelo a ser seguido por outros. Engaje a equipe e outros líderes, explicando os benefícios da abordagem e incentivando a colaboração entre departamentos.

2) Comunique com transparência e apoie: comunique claramente a importância da visão sistêmica e como ela contribuirá para o sucesso da organização. Ofereça oportunidades de desenvolvimento profissional para a construção dessa habilidade.

3) Abordagem gradual e flexível: implemente mudanças gradualmente, permitindo que a equipe se adapte às novas práticas. Esteja disposto a ajustar a abordagem com base no feedback e nas necessidades da organização, evitando rigidez.

Essas atitudes ajudarão a construir uma base sólida para a implementação bem-sucedida da visão sistêmica, superando resistências e desafios ao longo do caminho.

Agora que você já ampliou seu conhecimento sobre a visão sistêmica, é importante saber que ela influencia o desenvolvimento de outras habilidades técnicas e comportamentais, sendo uma alavanca para a alta performance.

Você sabe quais são essas habilidades? Conheça o nosso checklist completo e saiba como ajudar seu time a desenvolvê-las.

Aproveite e baixe agora mesmo:

Banner com descritivo para download gratuito de checklist das 15 competências fundamentais para o profissional do futuro

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

Em um mundo onde a única constante é a própria mudança, torna-se cada vez mais difícil antecipar o surgimento de um problema

Por que reinventar a roda se é possível aproveitar métodos testados e aprovados para otimizar os seus processos? Para isso, basta descobrir

Contar com líderes competentes é fundamental para o sucesso de qualquer empresa, não importa o setor. No entanto, com tantos segmentos bem

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST