Silos organizacionais: o que são, impactos e como quebrar

17/05/2024
silos organizacionais

Silos organizacionais são uma metáfora que descreve departamentos, pessoas ou plataformas que operam de forma isolada dentro de uma companhia. 

Assim como os reservatórios cilíndricos usados na agricultura para armazenar grãos separadamente, os silos organizacionais simbolizam a falta de gestão, comunicação e integração entre diferentes áreas.

Entenda agora os impactos e como quebrar essas divisões dentro de sua empresa!

O que são silos organizacionais?

Silos organizacionais são estruturas dentro de uma empresa onde departamentos ou equipes operam de forma isolada, limitando a comunicação e a colaboração entre eles. 

Essa separação pode ocorrer em diversos níveis e por diferentes razões, resultando em uma falta de compartilhamento de informações e cooperação, o que pode prejudicar a organização como um todo.

Os silos organizacionais podem ser comparados a compartimentos estanques em um navio, em que cada um funciona de maneira independente e, em teoria, sem influenciar diretamente os outros. 

No entanto, em um contexto empresarial, essa falta de interconexão pode impedir que a empresa opere como uma unidade coesa.

pdi guia

Como os silos organizacionais se formam?

Os silos organizacionais se formam devido a uma combinação de fatores estruturais, culturais e operacionais dentro de uma empresa.

Entre as razões mais comuns estão:

  • Crescimento rápido que pode levar à criação de novos departamentos sem integração adequada; 
  • Cultura organizacional que favorece a competição interna em detrimento à colaboração; 
  • Estruturas hierárquicas rígidas que promovem a comunicação vertical mais do que a horizontal;
  • Falta de ferramentas e tecnologias adequadas para facilitar a comunicação e a colaboração;
  • Objetivos e metas desalinhados entre os departamentos.

Como identificar silos organizacionais na empresa?

Para identificar a presença de silos, é importante observar sinais específicos e analisar certos comportamentos dentro da organização, tais como:

Comunicação interna

A análise da comunicação interna é um ponto de partida essencial. 

Avaliar a eficiência e frequência da comunicação entre diferentes departamentos pode revelar se a informação está fluindo tanto verticalmente (entre níveis hierárquicos), quanto horizontalmente (entre departamentos). 

Se a informação tende a ficar retida dentro de departamentos específicos e não é compartilhada com outros, isso pode indicar a presença de silos. 

Além disso, é importante verificar se as áreas utilizam diferentes ferramentas e plataformas para comunicação.

Processos e fluxos de trabalho

Revisar os processos de trabalho para identificar redundâncias e duplicações de esforço pode revelar que diferentes departamentos estão realizando tarefas semelhantes de maneira independente, sem coordenação ou conhecimento mútuo. 

Além disso, também é recomendado examinar projetos interdepartamentais para verificar se as áreas estão colaborando efetivamente é importante. 

Projetos que envolvem múltiplos departamentos devem ter uma comunicação clara e coordenação conjunta. Se isso não estiver ocorrendo, pode ser um sinal de silos.

Metas e objetivos

Comparar as metas e indicadores de desempenho (KPIs) dos departamentos com os objetivos gerais da empresa ajuda a identificar se cada departamento trabalha com objetivos que não se complementam ou são conflitantes. 

Adicionalmente, observar o desempenho geral da empresa em relação aos objetivos estratégicos também pode revelar dificuldades causadas pela falta de alinhamento entre os departamentos.

Feedback dos funcionários

O feedback dos funcionários é outra fonte essencial de informações. Realizar pesquisa entre os funcionários pode fornecer insights sobre suas percepções sobre a colaboração interna. 

Manter uma conversa aberta com os diferentes níveis e departamentos pode ajudar a entender as experiências e eventuais desafios relacionados à colaboração.

Indicadores operacionais

Analisar indicadores de eficiência operacional, como o tempo de ciclo de projetos, a velocidade de resolução de problemas e de inovação, pode mostrar dificuldades na colaboração e no compartilhamento de conhecimento. 

Além disso, avaliar os feedbacks de clientes também pode ser revelador. Inconsistências ou problemas recorrentes no atendimento podem indicar que os departamentos não estão se comunicando para resolver problemas e melhorar os serviços.

Quais os impactos negativos dos silos organizacionais em uma empresa?

Os silos organizacionais podem trazer diversos impactos negativos de ordem operacional e financeira e, até mesmo, causar prejuízos à reputação de uma empresa.

Primeiramente, porque departamentos isolados repetem tarefas, o que aumenta os custos e atrasa os projetos. 

Em segundo, a falta de comunicação dificulta a colaboração, o que resulta em produtos e serviços que não atendem bem às necessidades do mercado. 

Adicionalmente, a ausência de conexão entre as equipes afeta negativamente a experiência do cliente, levando à insatisfação e à percepção de uma imagem ruim da empresa.

Além disso, a existência de silos também atrapalha o alinhamento estratégico, pois cada departamento se concentra apenas em seus próprios objetivos e ignora a visão geral. 

A soma de todas essas questões levam a estratégias conflitantes e uma execução inconsistente dos planos de negócios. 

Como quebrar os silos organizacionais para melhorar a comunicação?

Eliminar completamente os silos organizacionais pode ser um desafio, mas existem diversas estratégias que podem ser utilizadas para reduzir seus impactos e melhorar a comunicação entre as áreas:

Promover uma cultura de colaboração

Isso pode ser feito através de diversas iniciativas e ferramentas que facilitem a integração em tempo real entre funcionários de diferentes departamentos.

Estabelecer processos e estruturas de comunicação

Nesse sentido, vale organizar reuniões regulares entre diferentes departamentos para discutir projetos em andamento, compartilhar informações e resolver problemas coletivamente. 

Essas reuniões devem ser estruturadas de modo a garantir a participação ativa de todos os envolvidos.

Utilizar ferramentas para integração

Implementar sistemas de gestão de projetos e outras ferramentas que permitam a integração e o compartilhamento de informações entre diferentes departamentos também é altamente recomendado. 

Softwares de ERP (Enterprise Resource Planning) e plataformas de colaboração online, como Slack e Microsoft Teams, são alguns exemplos que podem ser usados.

Além deles, as plataformas de colaboração que permitem a co-criação de documentos, o acompanhamento de tarefas e a comunicação em tempo real também facilitam a interação contínua entre equipes.

Alinhar metas e objetivos

Estabelecer metas e objetivos comuns que sejam claros e alinhados à visão estratégica da empresa também ajuda a garantir que todos os departamentos estejam trabalhando em direção ao mesmo objetivo geral.

Outro ponto importante é estabelecer métricas de desempenho que incentivem a colaboração interdepartamental. Essas métricas devem ser usadas para avaliar o sucesso de projetos que envolvem múltiplos departamentos.

Investir em treinamento e desenvolvimento

Oferecer treinamentos em habilidades de comunicação interpessoal e liderança colaborativa é uma outra forma assertiva de disseminar uma cultura de trabalho mais integrada. 

Além disso, treinamentos que abordam a resolução de problemas interdepartamentais e o desenvolvimento de consciência organizacional também podem ajudar os funcionários a entenderem melhor o contexto geral da empresa e a colaborar entre os diferentes departamentos. 

Quebrar barreiras hierárquicas 

Outra forma de romper os silos é quebrar as barreiras hierárquicas através da disseminação de uma cultura de transparência, onde líderes e funcionários de todos os níveis se sintam à vontade para compartilhar ideias livremente.

Isso é feito quando a comunicação descendente e ascendente é facilitada, ao proporcionar oportunidades para trabalho em equipe multinível e ao desenvolver líderes que atuem como facilitadores da colaboração. 

Além disso, eliminar as barreiras físicas e simbólicas e oferecer oportunidades de desenvolvimento profissional para todos os funcionários são passos essenciais para criar um ambiente de trabalho inclusivo e colaborativo, onde as hierarquias são menos pronunciadas.

Saiba como a plataforma FRST pode fomentar a colaboração na sua empresa e acelerar pessoas em direção ao atingimento de metas e objetivos na empresa com metodologia ágil! Fale com um de nossos especialistas!

Compartilhe

Receba conteúdos sobre times de alta performance direto no seu e-mail

Aproveite e leia também

Paula recebeu um desafio: assumir uma planta industrial no interior do Brasil e resolver um problema para sua empresa, uma grande multinacional

André sempre foi o melhor vendedor de sua região e, por isso, foi promovido a supervisor. Ao assumir seu novo cargo, o

Inúmeras pesquisas apontam que a saúde mental durante a pandemia atingiu o seu pico de estresse. Em uma dessas pesquisas, liderada pela

 Danielle Torres, sócia-diretora da consultoria KPMG, a primeira executiva assumidamente trans do país, compartilhou sua história numa entrevista realizada à Você S/A,

A transformação digital continua sendo um direcionador de investimento das empresas, de acordo com uma recente pesquisa global da Conference Board, com

Em um mundo corporativo cada vez mais complexo e dinâmico, a busca por abordagens de liderança autênticas e centradas na autogestão tornou-se

A diversidade está ligada à representação demográfica, enquanto a inclusão vai além. Incluir é garantir que toda a diversidade existente na empresa

Imagine uma empresa de alto crescimento que precisa executar transações ou trocar informações com stakeholders do mundo inteiro. Ou até mesmo uma

Nos últimos anos tem sido comum empresas que possuíam vantagens competitivas sólidas se verem ameaçadas (ou “disruptadas”) por empresas menores que não

Quase sempre, as grandes ideias não surgem de uma única pessoa ou função isolada, mas sim da interseção de funções ou pessoas

Os avanços tecnológicos do passado iniciaram as jornadas de transformação digital nas empresas, e serão os próximos avanços que moldarão o futuro

A inteligência artificial (IA) está redefinindo a forma como diversas atividades são conduzidas no ambiente corporativo. Uma de suas aplicações mais importantes

Lao-Tzu, filósofo chinês e fundador do taoísmo, sempre dizia que quem conhece os outros é inteligente, e quem conhece a si mesmo é

 Nos últimos anos, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance) tem ganhado destaque no cenário empresarial global. O aumento significativo nas

Resumo A liderança 4.0 é um novo modelo de liderança para a era digital, focado em tecnologia, adaptabilidade, inovação e pessoas. É

O conceito de produtividade no trabalho tem diferentes perspectivas e significados ao longo da história. Dentre essas perspectivas, a mais popularizada é

Em busca de abordagens de liderança mais eficazes e centradas nas pessoas, a liderança consciente surge como uma proposta inovadora e impactante.

Em um cenário empresarial dinâmico e desafiador, a capacidade de identificar e resolver problemas de forma eficaz é crucial para o sucesso

Em um mundo empresarial em constante evolução, a capacidade de adaptação é mais crucial do que nunca.  Nesta exploração aprofundada, embarcaremos em

Muito se comenta sobre metodologias ágeis e seu retorno para as organizações. E pelos comentários, podemos julgar que elas são a resolução

No contexto dinâmico do cenário profissional atual, a avaliação de desempenho não apenas se destaca como um procedimento padrão, mas se revela

Você já deve ter ouvido falar sobre profissional de alta performance no trabalho. Este profissional destaca-se por conseguir alcançar as metas e

Em um tempo de mudanças rápidas e imprevísiveis como o que vivemos, ficar estagnado não é uma opção. E, quando falamos em

A palavra “ética” vem sendo bastante usada em diversos contextos, desde lugares comuns até ambientes corporativos. Mas então, o que é ética

 A liderança é um componente essencial para o sucesso de qualquer organização, e em um mundo empresarial dinâmico, a abordagem de liderança

O mercado de trabalho moderno é dinâmico e altamente competitivo, exigindo que profissionais atualizem constantemente suas habilidades e competências.   No mundo acelerado

Em tempos de ciclos mais curtos a capacidade de se adaptar é crucial. Nesse cenário, o papel do Agile Coach ganha destaque,

As organizações de todos os portes e segmentos estão passando, nos últimos anos, por mudanças profundas na sua gestão e muitas estão

A busca pela excelência na gestão é uma constante em todos os setores e empresas, especialmente diante de um mercado tão competitivo

Com o objetivo de promover uma cultura de aprendizado contínuo, muitas empresas buscam por soluções eficazes, funcionais e que realmente engajem colaboradores

Construa uma equipe de Alta Performance

A primeira e única plataforma onde o colaborador aprende enquanto performa e performa enquanto aprende

 

Encontre materiais e conteúdos da FRST